Sábado, 20 de Outubro de 2018

ARTIGOS
Quarta-feira, 10 de Outubro de 2018, 16h:12

Lições da campanha eleitoral

Por Fábio Trad

Percorrer o caminho que nos levou às urnas constituiu, para além das manifestações empolgantes próprias das campanhas, experiência individual emocionante para os que expõem propostas e, principalmente, abrem os ouvidos e o coração às manifestações dos cidadãos. 


Em que pesem a conjuntura nacional de grave crise econômica, a flacidez moral de parte das chamadas “elites” e a degradação de valores essenciais, como o brutal desrespeito à vida, traduzido por um número de mortes violentas maior do que ocorre em algumas guerras, emociona constatar que a esperança em dias melhores e a fé absoluta em um país mais justo e solidário resistem na alma de nossa gente.

 

Dezenas de vezes, durante esta campanha, fui tomado de íntima emoção ao me dar conta da grave e intransferível responsabilidade que pesa sobre cada um de nós que, como candidatos que fomos, nos propomos a ser depositários fiéis das esperanças populares, que não sucumbiram diante da trágica sequência de desvios e desvarios que infelicitaram nosso país nos últimos anos.

 

Nos olhos do cidadão indignado pude ver refletida uma centelha de esperança, mesmo diante de tanta frustração. Ao ouvir a mãe revoltada porque fora demitida por não ter uma creche para deixar o filho, pude ver em sua justa revolta um feixe de luz que reflete a fé de que, sim, uma vida melhor é possível, um Brasil melhor é possível.

 

Mesmo diante da dor acachapante, indizível, de pais que perderam o filho para a violência do tráfico, pude sentir a verdadeira solidariedade como reflexo da esperança de que é possível fazer algo para que outros pais não sofram como eles, para que se estanque a matança de nossos jovens, a dizimação de nosso futuro.

 

Somente quando nos damos conta, por inteiro, de que é sobre o líder político que recai, com a representação delegada pelo voto, a tremenda responsabilidade de restaurar esperanças, resgatar a fé e abolir a resignação, estamos preparados para o mandato popular.

 

De minha parte, animado pela íntima certeza de que, como ser humano, saí dela muito maior do que entrei pela generosa acolhida às nossas propostas, mas principalmente pela magnífica oportunidade de ouvir os anseios, expectativas e, claro, as muitas frustrações de nossa gente.


Felizmente, nesta campanha constatei que, mais do que nunca, o povo tem a convicção de que fora da verdadeira política não há saída possível para superar os males que avassalam nosso País.

 

E isso dá a dimensão do imenso ônus e da gigantesca responsabilidade que pesam sobre os que, como eu, se propõem a um novo mandato parlamentar.

 

A hora chegou. Vamos trabalhar! 

 

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370