Segunda-feira, 28 de Setembro de 2020

BRASIL
Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020, 17h:15

Galáxia

Cientistas fotografam galáxia a mais de 12 bilhões de anos-luz da terra

A foto revela como eram as galáxias no início do Universo

Midiamax

A imagem revela a galáxia quando o universo possuía 1,4 bilhão de anos. (Foto: ALMA/ESO/NAOJ/NRAO)

A foto da SPT0418-47, uma das mais distantes galáxias conhecidas do Universo, foi divulgada por cientistas europeus na revista “Nature”, nesta quarta-feira (12).

O conjunto de estrelas, que forma uma espécie de anel iluminado, está a mais de 12 bilhões de anos-luz de nós. Conforme publicação no site G1, a distância revela que a foto mostra a galáxia quando o Universo tinha 1,4 bilhões de anos.

De acordo com as datas, os cientistas explicam que a foto revela como era o início do Universo, desfazendo a ideia de que as galáxias de período eram todas turbulentas.

 

“O resultado representa uma novidade no campo da formação das galáxias ao mostrar que estruturas que observamos em galáxias espirais próximas e na nossa Via Láctea já existiam 12 bilhões de anos atrás”, comenta Francesca Rizzo, doutoranda no Instituto Max Planck de Astrofísica (Alemanha), ao G1.

A imagem foi obtida por pesquisadores de instituições da Alemanha e da Holanda e divulgada pelo ESO (Observatório Europeu do Sul). Segundo a publicação do G1, os cientistas utilizaram recursos do observatório Alma (Atacama Large Millimiter Array), localizado no Chile.

Pesquisadores explicam que existem semelhanças entre a Via Láctea, galáxia que abriga a Terra, e a SPT0418-47, pois as duas são um disco que fira em torno do próprio eixo e formam uma aglomeração de estrelas.

A diferença é que a Via Láctea tem braços em espiral.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370