Segunda-feira, 28 de Setembro de 2020

BRASIL
Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018, 16h:36

Fred

Mano analisa atuação de Fred contra Vasco e diz como atacante pode ajudar Cruzeiro na decisão

Globo Esporte

Depois de mais de 200 dias, Fred voltou a fazer um jogo como titular do Cruzeiro. O atacante começou atuando na derrota por 2 a 0 para o Vasco, nesse domingo, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. Como o time jogou com reservas, uma vez que o foco da equipe é a final da Copa do Brasil, na quarta-feira, a partida no Rio de Janeiro foi um teste para o técnico Mano Menezes avaliar o atacante. Mas as chances de gol não apareceram para o centroavante.

Sem oportunidades, Fred teve atuação discreta. Para Mano Menezes, já era esperado que ele enfrentasse dificuldades, já que ficou seis meses se recuperando de uma cirurgia no joelho direito. O camisa 9 retornou aos gramados diante do Palmeiras no dia 30 de setembro. Entrou no segundo tempo e ficou em campo por cerca de 30 minutos. Diante do Vasco, ganhou a chance de iniciar novamente um jogo.

  • Um dos nossos objetivos era colocá-lo em campo para iniciar uma partida. A gente sabia que teria dificuldades naturais de um jogador que ficou tanto tempo fora. Isso só vai readquirir jogando. É um jogador muito técnico, que faz pivô com muita facilidade, mas está sofrendo e vai passar um período de readaptação. Quem sofre esse tipo de lesão sempre relata que os momentos após o retorno trazem algumas dificuldades - destacou Mano.

Sobre o aproveitamento do atacante nesta quarta-feira contra o Corinthians, na finalíssima da Copa do Brasil, o treinador ponderou que é preciso observar alguns pontos, que vão da coerência no trabalho ao cenário que melhor poderia ser explorado pelo potencial de Fred. O Cruzeiro venceu o jogo de ida da decisão por 1 a 0, no Mineirão. Agora, precisa de um empate na Arena Corinthians para ficar com a taça.

"Vamos ser coerentes com tudo que estamos fazendo aqui, hoje existem outros jogadores que estão à frente de Fred, mas isso não quer dizer que ele não possa ficar no banco" (Mano)

  • E, com sua experiência, se houver necessidade de um jogador com a sua característica para reter uma bola na frente, para disputar uma bola entre os zagueiros, pode ser ele o jogador adequado para fazer alguns minutos finais.
VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370