Terça-feira, 23 de Julho de 2019

BRASIL
Terça-feira, 25 de Junho de 2019, 17h:34

Caravana

Números crescentes consolidam Caravana como melhor programa de saúde de MS

Até a manhã desta terça-feira, 5.028 consultas, 521 cirurgias de catarata e 22.747 exames foram realizados na estrutura montada no pátio do Hospital Regional

Ricardo Minella

O maior programa de saúde de Mato Grosso do Sul vem contabilizando diariamente centenas de atendimentos que vão desde consultas até cirurgias oftalmológicas. Até a manhã desta terça-feira, foram realizadas 5.028 consultas, 521 cirurgias de catarata e 22.747 exames. A previsão inicial é de que até o final do programa, previsto para 5 de julho, tenham sido feitas 2 mil cirurgias, entre catarata, yag laser, pterígio e vitrectomia, 24 mil exames e 8 mil consultas.

Com a nova edição, a Caravana da Saúde se consolida como o maior programa de saúde de Mato Grosso do Sul. Com de R$ 70 milhões de investimentos do Governo do Estado, o projeto já somou mais de 500 mil atendimentos que beneficiaram 240 mil pessoas em onze microrregiões, totalizando acima de 60 mil cirurgias realizadas, desde a primeira edição, iniciada em abril de 2015.

“Enxergando demais”

Integrando um grupo de quinze pessoas que chegou bem cedinho, por volta das 6 horas da manhã, vindas de Itaquiraí, Luiz Serafim dos Santos, 66 anos, disse que pretende repetir o sucesso da esposa, Maria das Graças, 72 anos. Há cerca de três anos, ela foi atendida na primeira edição do programa. “Ela fez cirurgia nos dois olhos e está enxergando até demais”, brincou.

José Messias espera sair enxergando e voltar à ativa

Aposentado, Luiz Serafim diz que só não está trabalhando por causa da falta de visão. “As duas vistas estão bem embaçadas. Eu já tinha feito alguns exames que constataram a necessidade de uma cirurgia de catarata e quando a moça da prefeitura entrou em contato falando da Caravana da Saúde, eu fiquei animado. Agora estou aqui, com a esperança de que vou enxergar bem de novo, igual minha esposa”.

Luiz Serafim diz que gosta de trabalhar com comércio. Ele tinha um estabelecimento, o “Bar do Pernambuco”, em Itaquiraí, que atualmente está arrendado. “Quando eu voltar a enxergar bem, vou voltar para o balcão”, diz animado, na esperança de voltar a atender os inúmeros amigos que fez na cidade onde reside há cerca de 50 anos.

Itaquiraienses chegou por volta das 6h da manhã

Outro itaquiraiense atendido pela Caravana da Saúde é o aposentado José Messias Cardoso, 69 anos, que ainda trabalha com perfuração de poços e fossas. Ele enxerga cerca de 70% com o olho esquerdo, que já passou por uma cirurgia, realizada há alguns anos no Paraná. Com o olho direito, diz que vê tudo “embaçado”.

José Messias conta sua história e mareja os olhos quando lembra da esposa Maria José Cardoso, falecida no exato dia em que receberam a informação da data em que viajariam para serem atendidos pela Caravana da Saúde.  “Agora ela está lá no Céu. Fico muito triste quando lembro dela, porém temos que seguir a vida”, conclui esperançoso de ser bem sucedido com a cirurgia que a esposa também tanto desejava.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370