Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020

BRASIL
Quinta-feira, 19 de Novembro de 2020, 08h:17

Coronavírus

Pfizer oferece ao Brasil milhões de doses de vacina para o 1º semestre

Poder360

Imagem ilustrativa

A Pfizer informou nessa 4ª feira (18.nov.2020) que fez uma proposta ao governo brasileiro para fornecer “milhões” de doses da vacina contra a covid-19 desenvolvida em parceria com a BioNTech no 1º semestre de 2021. Estudos preliminares da 3ª e última fase de testes indicaram que o imunizante tem 95% de eficácia.

Segundo a farmacêutica, a proposta foi feita “em linha com negócios” fechados pela empresa em outros países, inclusive na América Latina. O acordo, diz a empresa, “permitiria a vacinação de milhões de brasileiros no 1º semestre, sujeito à aprovação regulatória”.

De acordo com os dados divulgados na 4ª feia (18.nov), a vacina, batizada de BNT162b2 teve a mesma eficácia verificada em todas as faixas etárias, gêneros e etnias. Foi testada em voluntários que não haviam sido infectados pelo coronavírus e também em pessoas que já contraíram a covid-19.

A 3ª fase de testes com a vacina da Pfizer e BionTech começou em julho e envolveu mais de 43.000 participantes em 6 países: Estados Unidos, Brasil, Alemanha, Turquia, África do Sul e Argentina.

O Ministério da Saúde informou representantes da pasta que se reuniram com a Pfizer na 3ª feira (17.nov). O ministério disse que poderia comprar a vacina caso ela seja aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

A farmacêutica declarou que “trabalhará em parceria com a Anvisa para fornecer todos os dados necessários para avaliação” de segurança do imunizante.

TRANSPORTE

A infraestrutura é 1 dos obstáculos do imunizante da Pfizer/BioNTech. Para se manter viável, a vacina precisa ser mantida a uma temperatura de -70ºC, o que dificulta o transporte e armazenamento.

A farmacêutica iniciou 1 programa piloto para testar e melhorar a logística de distribuição.

A companhia elaborou um plano logístico detalhado com ferramentas para apoiar o transporte eficaz, armazenamento e monitoramento contínuo da temperatura da potencial vacina contra a covid-19“, disse a empresa. “Para isso, foi desenvolvida uma embalagem especial (em formato de caixa) com temperatura controlada, fácil de transportar e manipular, que utiliza gelo seco para manter a condição de armazenamento recomendada (…) por até 15 dias.

PEDIDO DE USO EMERGENCIAL NOS EUA

O CEO da empresa, Albert Bourla, disse na 3ª feira (17.nov) que a farmacêutica já coletou os dados de segurança necessários para enviar 1 pedido de uso emergencial à agência reguladora dos Estados Unidos, a FDA (Food and Drug Administration).

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370