Sábado, 15 de Dezembro de 2018

BRASIL
Quinta-feira, 11 de Outubro de 2018, 15h:19

Soja

Plantio de soja deve aumentar de 3% a 5,5% em Mato Grosso do Sul

Para produção, estimativa é de queda entre 0,8% a 3,1% em relação à safra anterior, segundo Conab

Correio do Estado

Área plantada de soja em Mato Grosso do Sul deve ter expansão de 3% a 5,5% na safra 2018/2019 no comparativo com o ciclo anterior, saindo de 2,67 milhões de hectares para o intervalo de 2,75 milhões e 2,18 milhões de hectares. Os dados são do 1º Levantamento de Safra de Grãos 2018/2019, divulgado nesta quinta-feira (11) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Mesmo com o avanço na área cultivada, a estimativa da Conab é de redução na produção da oleaginosa no Estado. O volume produzido da cultura deve cair de 9,60 milhões de toneladas para um volume estimado entre 9,30 milhões e 9,52 milhões de toneladas, recuo, respectivamente, de 0,8% a 3,1%.

Ainda conforme o estudo, também é esperada queda de produtividade no Estado, passando dos atuais 3.593 quilos por hectare para 3.380 quilos por hectare, o que representa retração de 5,9%.

Já para o milho segunda safra, a Conab projeta crescimento de 38,5% na produção do cereal na safra 2018/19 em relação à anterior, devendo passar de 6,33 milhões para 8,77 milhões de toneladas no Estado. 

Acompanhando a evolução do volume produzido para a cultura, a produtividade também deve registrar avanço (+38,5%), ficando em 5.105 quilos por hectare, frente a 3.685 kg/ha da safra anterior. Já em relação à área de plantio, a estimativa é de manutenção do total plantado no último ciclo, de 1,72 milhão de hectares.

Grãos
Em relação à produção total de grãos de Mato Grosso do Sul, o 1º Levantamento de Safra 2018/19 divulgado pela Conab projetou crescimento de 13,3% a 14,8%. Com isso, o volume produzido deve avançar de 16,4 milhões de toneladas para um volume estimado de 18,5 milhões a 18,8 milhões de toneladas.

Em relação à área plantada, a expectativa também é de crescimento: os 4,54 milhões de hectares plantados deverão ser ampliados para 4,62 milhões a 4,69 milhões de hectares, expansão respectivamente de 1,8% a 3,4%. A produtividade esperada é de 4.014 kg/ha, índice 11,2% superior ao do ciclo 2017/18, de 3.611 kg/ha.

Nacional
Os índices de produção esperados para o Estado superam os nacionais: de acordo com o estudo, o volume total produzido de grãos no Brasil deve ficar entre 233,5 milhões e 238,5 milhões de toneladas, aumento de 2,5% a 4,7% em relação ao ciclo anterior, de 227,9 milhões de toneladas. De acordo com a Conab, isso significa que a produção nacional poderá aumentar entre 5,6 e 10,6 milhões de toneladas.

Com relação à área total de grãos no país, a perspectiva é de aumento de 0,2 a 2,3% para o plantio da safra 2018/19, que poderá variar de 61,9 a 63,1 milhões de hectares.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370