Quarta-feira, 22 de Maio de 2019

BRASIL
Quinta-feira, 16 de Maio de 2019, 11h:32

Agricultura Familiar

Semed realiza formação com foco no incentivo a agricultura familiar

Sensibilizar os gestores sobre as vantagens da aquisição de produtos da agricultura familiar e estreitar relações de cooperação entre os envolvidos com o processo de aquisição desses produtos são os principais objetivos da terceira edição do evento organizado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da Superintendência de Alimentação Escolar (Suale) e que visa capacitar gestores para realizar compras diretas da agricultura familiar para a alimentação escolar.

O evento está acontecendo nesta quinta-feira (16), no Centro de Formação da Semed e reúne secretários de Educação de diversos municípios, como Paranhos, Terenos, Itaquiraí, Anaurilândia, Coxim, Angélica, Ivinhema e Nova Andradina, além de técnicos e produtores da agricultura familiar. As palestras serão ministradas por especialistas de entidades como a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), Sebrae, Senar, Agraer, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Sedesc) e Ministério da Agricultura e Pecuária. Os temas abordam desde higiene pessoal e dos alimentos até legislação e perspectivas da agricultura familiar.

FOTO (24)

A capacitação também visa aprimorar as atividades desenvolvidas pela equipe da Suale quanto a lei federal 11.947 que determina que, no mínimo, 30% do valor repassado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) a estados, municípios e Distrito Federal para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) deve ser utilizado na compra de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar e do empreendedor familiar rural ou de suas organizações.

Empenho e investimentos

A secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, destacou a importância do evento na valorização da agricultura. “O resultado deste trabalho é a melhoria na qualidade da alimentação de nossas crianças. Avançamos muito no sentido de trabalhar para enriquecer o cardápio dos alunos”, comentou.

Para o superintendente de Alimentação Escolar da Reme, Cassiano Cangussu, uma das principais conquistas da gestão foi a parceria estabelecida com os agricultores familiares. “Hoje não somos apenas uma superintendência que distribui alimentos nas escolas. Conseguimos superar metas e trazer para a Suale os agricultores para entender melhor suas dificuldades. Sempre tivemos autonomia para trabalhar e agradeço a gestão pela confiança e pelo trabalho em equipe que desenvolvemos”, pontuou.

O vice-presidente para Assuntos de Controle Social do Observatório Social de Campo Grande, Leão Maldonado, que fez a palestra de abertura, elogiou os investimentos e o incentivo a utilização dos produtos da agricultura familiar na Reme. De acordo com  Chamada Pública aberta este ano, a previsão de investimento na compra dos produtos, é de R$ 9,7 milhões contra R$ 2,7 milhões utilizados em 2018.

Esse montante deve contemplar 487 agricultores. “Com isso, ao invés de investir apenas os 30% obrigatórios do repasse do governo federal em produtos da agricultura familiar, serão utilizados 78%. É um índice muito expressivo, já que quase nenhuma grande cidade do país consegue atingir o percentual obrigatório de compra. Vemos um empenho muito grande da prefeitura em cumprir essas exigências”, disse Leão Maldonado.

De acordo com a nutricionista da Suale, Fernanda Maciel, além da compra dos tradicionais hortifrútis, este ano haverá o incremento de novos produtos como leite em pó, arroz, polpa de goiaba e farinha de mandioca, todos produzidos pela agricultura familiar.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370