Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

COLUNISTAS
Terça-feira, 27 de Novembro de 2018, 07h:42

Bosco Martins

Blog do Bosco

27 Novembro 2018

Políticos dão aumento a STF torcendo por retribuição

O presidente Michel Temer sancionou o reajuste dos ministros do STF. Ato contínuo, o ministro Luiz Fux revogou o auxílio moradia que era pago a todos os juízes do país. O aumento de 16%, estendido a toda magistratura, terá um impacto de R$ 1,375 bilhão nas contas da União, pelas contas de técnicos do Senado. O fim do auxílio, que só ocorrerá quando o aumento sair, economizará R$ 450 milhões anuais.

Bruno Boghossian: “Ainda no intervalo entre os dois turnos da eleição, o chefe de um dos partidos procurou Michel Temer para propor um pacto. O plano era aproveitar os meses finais do ano para votar um projeto que desse anistia a quem recebeu caixa dois. A trama naufragou após a hesitação de alguns líderes e com a escolha de Sergio Moro como ministro da Justiça. PP, PR e companhia ainda tentam articular a votação de um projeto que afrouxa a punição a alguns crimes, incluindo corrupção. O espírito de corpo é capaz de unir até partidos tão distintos quanto DEM e PCdoB. No pacote de fim de ano, os congressistas também tentaram reduzir o tempo pelo qual ficam inelegíveis políticos enquadrados na Lei da Ficha Limpa, mas a ideia saiu de pauta. Só teve sucesso no saldão o aumento de salário de ministros do STF e juízes. A turma de Brasília não quer ficar malcom aqueles que poderão julgá-los daqui por diante.” (Folha)

Pois é… O Supremo pauta e julga, até abril, se aqueles condenados em segunda instância vão já presos ou não. A tendência é de que a leitura atual — a de que começam a cumprir pena — deve ser mantida. Antes disso, porém, a Segunda Turma avaliará um recurso do caso específico de Lula. O ex-presidente foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Seus advogados argumentam que são dois nomes diferentes para o mesmo ato — e ninguém pode ser condenado duas vezes por um só crime. Caso Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Edson Fachin, Cármen Lúcia e Celso de Mello concordem com o argumento, a pena do líder petista diminui e ele pode ir a prisão domiciliar. (Globo)

E… Lula foi denunciado por lavagem de dinheiro ao ter supostamente recebido R$ 1 milhão para intermediar conversas entre Guiné Equatorial e a construtora ARG.

Ernesto Araújo, novo ministro das Relações Exteriores: “Algumas pessoas gostariam que Jair Bolsonaro tivesse escolhido um chanceler que saísse pelo mundo pedindo desculpas. Jornalistas estão escandalizados, colegas diplomatas estão revoltados. Por quê? Porque pela primeira vez terão de olhar o seu próprio povo na cara e escutar sua voz? Você, leitor, quer acabar com a ideologia em política externa? Também quero. Essa é a principal missão que o presidente me confiou. Os marxistas de hoje dizem que o ‘marxismo cultural’ não existe e você acredita, simplesmente porque não tem os elementos de juízo e o conhecimento necessário. O marxismo há muito tempo deixou de buscar o controle dos meios de produção material e passou aos de produção intelectual, os de produção do discurso público: mídia e academia. Quem controla o discurso nos jornais e universidades controla a vida social de maneira muito mais eficiente. Vencida na economia, a ideologia marxista penetrou insidiosamente na cultura e no comportamento, nas relações internacionais, na família e em toda parte. O alarmismo climático, o terceiro-mundismo automático, a adesão às pautas abortistas e anticristãs nos foros multilaterais, a destruição da identidade dos povos por meio da imigração ilimitada, tudo isso são elementos da ‘ideologia do PT’, ou seja, do marxismo. Mas, quando me posiciono contra essas pautas, você diz que sou ideológico e sustenta que não deveria fazer nada a respeito. Você é contra a ideologia? Então é preciso alguém que entenda de ideologia. Para curar uma doença, não basta dizer que a detestamos, é preciso conhecer suas causas e manifestações, suas estratégias e seus disfarces. Você é a favor da democracia? Então deixe o povo brasileiro entrar na política externa.” (Gazeta do Povo)

Enquanto isso… Eduardo Bolsonaro está nos EUA. Em reunião com assessores, na Casa Branca, o filho do novo presidente falou em intensificar a pressão sobre o governo de Nicolás Maduro, na Venezuela.

HEALTHTECH

O mundo foi pego de surpresa, na manhã de ontem, com o anúncio por um pesquisador chinês de que ele editou o DNA de fetos humanos e, deste processo, nasceram duas meninas gêmeas no início do mês. Os genes modificados dariam a ambas, afirma He Jiankui, imunidade contra HIV, cólera e varíola. Para o feito, a equipe da Universidade de Ciência e Tecnologia do Sul, em Shenzen, recrutou casais dispostos à experiência. Não está claro quantos foram selecionados ou quantos testes houve antes de um dar certo. Ao menos por enquanto, He não pretende divulgar os nomes dos pais das meninas ou revelar onde vivem. A notícia, adiantada pela revista MIT Technology Review e confirmada no 2º Encontro Internacional de Edição do Genoma Humano, que ocorre em Hong Kong, mexeu com a comunidade científica. A universidade onde He trabalha anunciou que abrirá um inquérito interno e o acusou de violação ética. Pelo menos 122 cientistas chineses puseram seus nomes num abaixo-assinado de censura. O receio é de que os genes modificados sejam passados para gerações seguintes e, se houver algum erro, o impacto pode afetar inúmeras vidas. Mas pelo menos um geneticista importante, George Church, de Harvard, defendeu seu par chinês. “HIV é um problema de saúde pública sério”, afirmou à AP. “Me parece justificável.”

He Jiankui, que estudou nas universidades americanas de Stanford e Rice, afirma ter utilizado a tecnologia CRISPR para edição genética. Em português, a sigla significa Repetições Palindrômicas Curtas Agrupadas e Regularmente Interespaçadas. O nome é complexo mas, o mecanismo, não tanto. Nos últimos anos, cientistas mostraram que o uso de uma enzima específica permite que se busque um determinado gene para o isolar. Assim, o DNA recebe a informação de que não deve ler aquele trecho. Na natureza, o recurso é uma espécie de defesa do código genético para conter vírus que se intrometem no meio. O domínio humano permitiu edições rápidas de DNA, como que tesouras biológicas. Por enquanto, He apresentou documentos registrados na Organização Mundial de Saúde que indicam ter havido edições do DNA de fetos humanos com 12, 19 e 24 semanas de gestação. As experiências ocorreram em março último. Mas não está claro que foi de um destes que nasceram as crianças. Por enquanto, existe só a palavra do cientista. CRISPR não permite que se modifique genes, apenas que se elimine eles. O que os chineses fizeram foi excluir o gene responsável pela produção de uma proteína chamada CCR5 que faz parte das células do sistema imune. É nela que se acoplam alguns vírus, como o HIV. Não se sabe ao certo o que ocorre com pessoas que simplesmente não a produzem.

Nenhum país é mais tecnologicamente isolado, no mundo, do que a Coreia do Norte. Mas, no que faz parte do esforço de abertura coordenado pelo ditador Kim Jong-un, a capital Pyongyang está recebendo sua primeira feira dedicada a health tech. Mais de cem empresas locais e, principalmente, estrangeiras estão apresentando seus produtos, como pulseiras com monitores cardíacos que se ligam a smartphones. Mesmo na elite local, muitos jamais viram gadgets do tipo.

CULTURA

Bernardo Bertolucci tinha 20 anos, era um jovem poeta celebrado, quando um vizinho decidiu fazer seu primeiro filme. Era amigo de seus pais, Pier Paolo Pasolini, e o ano, 1961. Bertolucci foi seu assistente naquela estreia — nunca mais largou o cinema. Em 1964, se fez ele próprio diretor ainda num clima neo-realista com Antes da Revolução (trailer), mas o primeiro sucesso foi O Conformista(trailer), de 1970, no qual um jovem convertido ao fascismo viaja à França para assassinar seu professor. Oscilando entre Itália e França, fez mutuamente parte da geração de Fellini, Pasolini, Antonioni, como também da Nouvelle Vague de Goddard, Resnais e Truffaut. Talvez sua obra-prima seja O Último Tango em Paris (trailer), sexualmente ousado para a época, considerado por muitos críticos como o melhor papel do grande ator do cinema americano, Marlon Brando. Se inicialmente Bertolucci fez filmes politicamente doutrinados, membro do Partido Comunista que foi nos anos 1960, migrou depois para a explorar os mistérios da sexualidade, e então voltou à política com um olhar mais distante, quase descritivo, poético, sempre mergulhando em seus efeitos psicanalíticos sobre cada indivíduo. Inspirou-se em cenas da Revolução Cultural chinesa para descrever a Itália pós-fascista no longuíssimo 1900 (trecho). Do cinema de arte europeu migrou para as superproduções americanas voltando à China comunista com o belíssimo O Último Imperador(trailer). Seguiu na exuberância visual com o beatnik O Céu que nos Protege (trailer), daí voltou a algo intimista com Beleza Roubada(trailer). E o encontro de política, sexo e a angústia humana, sempre lá. Retornou já velho à Paris da Revolução Sexual com Os Sonhadores(trailer). Bernardo Bertolucci, que morreu ontem aos 77 anos, foi um dos grandes.

A cena em que o ex-boxer interpretado por Brando lambuza com manteiga a personagem de Maria Schneider e se força nela foi feita sem que a atriz soubesse o que ocorreria. O misto de indignação e terror que manifesta é real. “Me senti estuprada tanto por Marlon quanto por Bertolucci” ela diria numa entrevista décadas depois. “Eu queria que ela sentisse”, comentaria o diretor. “Não que interpretasse.”

Vulture selecionou algumas de suas melhores cenas, pinçando os comentários do diretor sobre cada uma.

Spotify: A bela trilha sonora do Último Tango, de Gato Barbieri.

Galeria: Vik Muniz usa catálogos de produtos recortados para recriar grandes quadros da Arte Sacra. (Globo)

VIVER

Após uma viagem de sete meses, a sonda InSight pousou com sucesso em Marte. É a oitava vez que a Nasa consegue pousar uma sonda no planeta. Diferentemente das missões anteriores, a InSight não possui rodas para se movimentar pela superfície. Seu objetivo é perfurar o planeta e usar a propagação de ondas sísmicas para fazer uma espécie de ‘ultrasom’ e analisar a estrutura interna de nosso vizinho mais próximo.

Enquanto isso, aqui na Terra, repercutiu a entrevista publicada domingo no Axios em que Elon Musk afirmou que acredita ter 70% de possibilidade dele pessoalmente ir em um dos foguetes de sua empresa para Marte, e que pensa inclusive na possibilidade de se mudar para lá.

E deu mais um empate no 12o jogo da disputa pelo título mundial de xadrez. O norueguês Magnus Carlsen surpreendeu a todos ao oferecer o empate pouco após 30 lances da partida, quando estava em posição confortável no tabuleiro e com boa vantagem de tempo sobre o rival, Fabiano Caruana. Com 12 empates seguidos, agora a disputa vai para o tiebreak, na quarta-feira. Primeiro serão disputados quatro jogos de xadrez rápido, com 25 minutos para cada um e acréscimo de 10 segundos por movimento. Se continuarem empatados a disputa passa ao modo blitz, com até cinco disputas de dois jogos cada com 5 minutos, mais 3 segundos por jogada. Se ainda assim não houver vencedor, seguem para o chamado Armageddon. Quem jogar com as brancas tem 5 minutos, quem jogar com as pretas 4, mas se empatar as pretas levam.

Carlsen é considerado o favorito nos jogos rápidos, mas Garry Kasparov comentou em seu perfil no Twitter que o fato de ele ter oferecido o empate quando estava em situação vantajosa levanta dúvidas. Afinal, a tensão é o principal rival nessa disputa que vem aí.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370