Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2019

COLUNISTAS
Sexta-feira, 08 de Fevereiro de 2019, 09h:56

Crônica do Samá

Lincoln Samá

A dor é uma benção

Nunca nesta vida se cometeu tantos suiídios. Não conheço relatos e dados históricos onde as pessoas tiraram as suas próprias vidas ao longa da história da humanidade. Um primeiro fato de suicidio na minha vida, foi de um amigo, na minha infacia; como estou escrevendo para um maior publico de Corumbá, este fato aconteceu na rua Porto Carreiro esquina da Frei Mariano, numa vila onde residia varios bolivianos. Hoje virou ruínas, mas me lembro do amigo, franzino, tinha uns 13 anos e se enforcou, porque estava apaixonado e a garota de 11 anos não o queria. Foi nos anos de 1970. Foi meu primeiro contato com o suicidio.

Lembro-me que todos ficamos espantados, um garoto de 13 anos apaixonado. O que se passou na cabeça dele pra ele chegar a essa conclusão de morte. Nunca saberemos. Mas por certo foi um dor tão aguda, intensa, que ele não suportou, preferiu sair da vida do que achar que a menina da sua vida o rejeitava. Quem poderá julga-lo? A dor é subjeitva. Aquele menino é o retrato da dor da alma elevada a sua potencia mortal; hoje esta comum, as pessoas tirarem suas vidas por “Amor”, é comum, e tambem por qualquer motivo que venha com sinal de dor na alma. Cada dia que passa parece que a Alma esta mais sensivel a dor.

Quando entra na Alma da gente essa dor? O Amor eu entendo que não tem hora, quando a gente vê está apaixonado e ninguem marca as horas. Mas a dor, creio que tem sinais, vem com uma decepção, vem com uma frustração, vem com os cotidianos da vida, vem com os problemas familiares, com a solidão, com um amor interrompido, não correspondido. Começa com um destes sinais, fadiga, cansaço, agonia, ansiedade, depressão. O interessante que quando entramos na pior delas que é a depressão, até recebemos conforto e consolo, do tipo: Voce é forte; voce é filho do altissimo, saí e vai tomar uma redonda e etc. 

Sinceramente a dor é uma benção, seja aonde for, no corpo ou na alma, pois ela nos ajuda a identificar um problema e tentar resolve-lo. Já imaginou se os problemas nos atingissem e não tivesse os sinais e tudo aparace de repente. Quase a maioria dos problemas vem com a benção da dor, claro tem as exceções. Uma catastrofe natural, pode causar... mas até isso se analizarmos! Sendo a dor uma benção, pois ao primeiro sinal dela, seja porque for, bom seria que tomassemos logo uma atitude para consertar o que esta errado. Porem depende como cada um trata a dor. Alguns ja olham com desespero e enxergam o suicidio como solução.

Já fui radical nisso, ao olhar pra biblia e ver escrito que os homicidas não vão entrar nos céus e o suicida é um homicida da sua própria vida. Mas são tantos, que estou tentado a rever minha posição radical. Creio que o suicida quer viver, e sem problemas, como eles estão no corolário da vida, ele acha que do outro lado da vida esta a solução e vai de encontro dela. Sinceramente, acho que é um problemão nas mãos de Deus! Mas Ele sempre deixou a dor como um parametro, mesmo antes da dor, aquela intensa, pense... aumentarei a dor da sua concepção. Só se aumenta o que existe. Então a dor, Deus criou como start pra encontrarmos a solução dos problemas e não criar um problema pra Ele, que será como Julgar o que se suicida. Pense na dor como uma benção e não como maldição. O que precisamos aprender é gestão, porque problemas temos a todo momento. Aprenda a gerenciar os seus problemas, tratando a sua dor como uma benção.

 
VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370