ELEIÇÕES 2018
07.03.2018 | 09h39 - Atualizado em 07.03.2018 | 10h41
Tamanho do texto A- A+

Pesquisa CNT/MDA: só os tribunais derrubam Lula na disputa presidencial

A mais recente pesquisa sobre a corrida presidencial confirma todas as amostragens realizadas até agora e consolidam uma verdade: o ex-presidente Lula só perde esta eleição se não puder disputá-la por força de lei. De acordo com a CNT/MDA, além de conservar sólida liderança na preferência do eleitorado, também atingiu quase o dobro das intenções de voto em relação ao segundo colocado, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC/RJ).

.

 

Depois de ouvir 2002 eleitores em 25 estados brasileiros entre 28 de fevereiro e três de março, e dentro de uma margem de erro de 2,2 pontos porcentuais e registrada no TSE com o número BR-06600/2018, a CNT/MDA aferiu que Lula lidera com 33,41% das intenções de voto e Jair Bolsonaro está em segundo, com 16,8%.

A pesquisa foi divulgada na terça-feira, 6, exatamente o dia em que o Superior Tribunal de Justiça (SJ) negou por unanimidade o direito de Lula a um habeas corpus preventivo que o livraria da prisão, habilitando-o a prosseguir com sua pré-campanha sem o risco de ser preso.

Na amostragem, abaixo de Lula e Bolsonaro estão Marina Silva (Rede), com 7,8%; Geraldo Alckmim (PSDB/SP), com 6,4%; Ciro Gomes (PDT/CE), com 4,3%; Álvaro Dias (Podemos/PR), com 3,3%; Fernando Collor (PTN/AL), com 1,2%; Michel Temer (MDB), com 0,9%; Manuela D´Ávila (PC do B/RS), com 0,7%;e Rodrigo Maia (DEM/RJ), com 0,6%.O quadro muda de figura quando a pesquisa não inclui o nome de Lula entre os candidatos.

E então é Bolsonaro quem toma a dianteira nos três cenários sugeridos pela pesquisa, sem ser ameaçado seriamente por nenhum dos concorrentes. Com média de 20% da preferência, ele deixa para trás os demais possíveis rivais, entre os quais Marina Silva, Geraldo Alckmi, Ciro Gomes e o eventual substituto de Lula, Fernando Haddad.


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Confira também nesta seção:

Sua Opinião

Você é a favor do porte de armas para qualquer pessoa?

Sim

Não

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados