PMDB não quer 'entregar ouro' para oposição
18.06.2012 | 09h33 - Atualizado em 18.06.2012 | 10h34
Tamanho do texto A- A+

PMDB não quer 'entregar ouro' para oposição

correio do estado

O PMDB manterá até o final deste mês o suspense sobre quem será o candidato a vice-prefeito na chapa do deputado federal Edson Giroto (PMDB) para “não entregar o ouro a bandido”. O partido também guardará sigilo sobre as legendas integrantes no arco de aliança que apoiará Giroto na disputa pela sucessão do prefeito Nelsinho Trad (PMDB). A estratégia serve para impedir que os partidos aliados sejam alvo do assédio da oposiçãoSegundo Nelsinho, o anúncio do vice pelo PMDB, de seu respectivo partido e dos demais aliados de Giroto deverão ser feitos somente no dia 30 de junho. “Isso tudo vai ser anunciado na convenção”, declarou durante a abertura da campanha de vacinação contra a poliomielite na Capital. Pelo calendário eleitoral divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o mês de junho é a data limite para a realização das convenções partidárias, quando é feita a confirmação dos candidatos de cada legenda.

Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para Governador de MS?

André Puccinelli (PMDB)

Reinaldo Azambuja (PSDB)

Odilon de Oliveira (PDT)

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados