28.11.2017 | 08h22 - Atualizado em 28.11.2017 | 08h24
Tamanho do texto A- A+

MS é o segundo estado que mais investiu mesmo na crise, aponta levantamento

Em alguns estados, como o Rio de Janeiro, recessão econômica resultou na diminuição de 62% nos investimentos; metade das unidades da federação não conseguiu destinar recursos a obras.

Danúbia Burema

Enquanto grande parte dos estados brasileiros cortou drasticamente os investimentos, Mato Grosso do Sul conseguiu mesmo na crise ampliar em 65% os recursos estaduais destinados a obras de infraestrutura. Os dados são de relatório da Instituição Fiscal Independente (IFI), divulgado nesta segunda-feira (27.11) pelo Jornal O Globo.

.

 

Conforme menciona a publicação, dados do Tesouro Nacional apontam que 13 estados registraram queda nos investimentos entre 2015 e 2016. Nesse mesmo período, MS foi na contramão da crise econômica, e alcançou o segundo lugar no ranking de investimentos, com aumento de 65%, ficando atrás apenas do Piauí que obteve 73%.

Entre as causas do alto desempenho da gestão estadual estão os ajustes feitos na máquina pública com o intuito de reduzir despesas para focar nas entregas à população. “A crise afetou desde a dona de casa até os governos, mas soubemos realizar as mudanças necessárias para continuar fazendo as entregas que são importantes para população”, destacou o governador Reinaldo Azambuja. “O Governo está gastando menos com sua estrutura e investindo mais nas pessoas”, resumiu.


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para Governador de MS?

André Puccinelli (PMDB)

Reinaldo Azambuja (PSDB)

Odilon de Oliveira (PDT)

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados