02.01.2018 | 11h04 - Atualizado em 02.01.2018 | 11h06
Tamanho do texto A- A+

Governo do Estado com apoio da CEF aumenta eficácia no controle e redução de perdas em Bonito

O investimento total será de R$ 4.325.174,32, com recursos do FGTS/CEF e contrapartida da Sanesul.

O governador Reinaldo Azambuja, assinou juntamente com o diretor-presidente da Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul), Luiz Rocha, e o gerente de filial da Caixa Econômica Federal (CEF), Carlos Fábio Gomes , a cédula de crédito bancário de Saneamento e Infraestrutura, para o contrato de financiamento para redução e controle de perdas no município de Bonito.

.

 

O investimento total será de R$ 4.325.174,32, com recursos do FGTS/CEF e contrapartida da Sanesul, que terá como beneficiado o município de Bonito, para redução e controle de perdas no sistema de abastecimento de água. A assinatura ocorreu em 27 de dezembro de 2017.

De acordo com o governador Reinaldo Azambuja, “a redução de perdas, além de evitar o desperdício de água tratada, tem sido uma preocupação constante da nossa administração, e assinar esse crédito bancário com a CEF,para desenvolver essa ação em Bonito, é muito satisfatório por tudo que Bonito representa no nosso turismo e desenvolvimento”.

Ao assinar a cédula de crédito bancário, o diretor-presidente da Sanesul afirmou que “a redução de perdas, do ponto de vista estratégico é de grande interesse da nossa empresa, pois beneficia em nível social, ambiental e econômico, pois sabemos que menores índices de perdas garantem que haverá quantidade de água potável suficiente para atender os usuários, assegurando que os recursos hídricos e financeiros estão sendo utilizados de forma eficiente e sustentável”. 

Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul)

Foto: Chico Ribeiro


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Você é a favor do porte de armas para qualquer pessoa?

Sim

Não

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados