16.01.2018 | 10h13 - Atualizado em 16.01.2018 | 10h16
Tamanho do texto A- A+

Nova diretoria da Santa Casa destaca apoio do Governo do Estado para garantir atendimento de qualidade aos pacientes

 As parcerias e a interlocução têm sido medidas importantes para que o poder público e as instituições superem a pior crise da história do País. Esse clima de união de esforços foi a tônica na posse da nova diretoria da Santa Casa de Campo Grande, ocorrida na noite desta segunda-feira (15.1). “Essa parceria entre o Governo do Estado e a Santa Casa de Campo Grande, não somente a parceria direta, mas também o apoio junto aos órgãos governamentais do Governo Federal, em Brasília, propiciou que a gente pudesse ter esse avanço”, frisou o presidente reeleito da Sociedade Beneficente de Campo Grande, Esacheu Cipriano Nascimento.

.

 

Antes, a governadora em exercício, Rose Modesto, já havia destacado que, mesmo diante da crise vivida pelo país, o Governo do Estado tem contribuído para que a Santa Casa mantenha o atendimento eficiente e de qualidade aos pacientes não só de Mato Grosso do Sul, mas também de outros estados. “Temos repassado mensalmente R$ 2,070 milhões à Santa Casa, sabemos que não é muito, gostaríamos de ajudar mais, mas mesmo com toda essa crise, temos dado essa contribuição por saber da importância que a Santa Casa tem no atendimento aos nossos pacientes”, afirmou.

“Além desse repasse mensal, o Governo do Estado está empenhado em contribuir com a conclusão da obra do hospital do trauma e com o seu aparelhamento. E  nosso sonho é que, dentro de 60, 90 dias, a gente consiga executar essas ações”, afirmou a governadora em exercício durante o seu discurso.

Ao assumir novo mandato de presidente da Santa Casa (2018/2019), Esacheu Nascimento disse que o hospital vem melhorando a sua estrutura de atendimento graças ao apoio do Governo do Estado, de voluntários, profissionais liberais e empresas privadas, que têm doado material e equipamentos. Além da ajuda dos parlamentares, desde vereadores a deputados estaduais, federais e senadores, que via emendas ao orçamento têm conseguido garantir recursos, importantes para bancar os atendimentos prestados pelo SUS, cuja tabela de pagamento pelos serviços prestados às instituições hospitalares não é reajustado há 10 anos.

Também foram empossados Gracita Hortência dos Santos Barbosa (vice-presidente), Arly Rosa Serra (diretor-secretário), Alcides dos Santos (diretor-secretário adjunto), Milton Ferreira dos Santos (diretor de finanças) e Marcos Alceu Villalba, diretor de finanças adjunto.

Paulo Yafusso, Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Foto: Leca


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Você é a favor do porte de armas para qualquer pessoa?

Sim

Não

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados