19.01.2018 | 08h16 - Atualizado em 19.01.2018 | 08h17
Tamanho do texto A- A+

Rose busca parceria com a Prefeitura para construir casas e tirar indígenas de área irregular

Fernanda França

A governadora em exercício, Rose Modesto, visitou na tarde dessa quinta-feira (18.1) a comunidade indígena Estrela da Manhã, no bairro Jardim Noroeste. Ela vai buscar parceria com a Prefeitura de Campo Grande para retirar as 70 famílias das casas improvisadas em que vivem, em uma área irregular.

.

 

Acompanhada da secretária de Estado de Habitação, Maria do Carmo Avesani, Rose garantiu ao cacique Terena Josué Nimbú e aos moradores locais que vai procurar um representante do Executivo Municipal para formalizar uma parceria e transferir os 250 moradores para casas de alvenaria.

Pela proposta, o Governo do Estado entrará com kits de material de construção, a Prefeitura com o terreno e os indígenas com a mão de obra.

“O Governo do Estado garante os recursos para o material de construção. Vamos procurar agora a Prefeitura para ver se a gente consegue a área. A comunidade local está empenhada e quer trabalhar para sair dessa situação difícil”, detalhou Rose.

De acordo com a engenheira Celeste Lemes Corrêa, do Instituto de Apoio e Proteção a Pesquisa, Educação e Cultura (IAPPEC), ONG que assiste as famílias, no dia 26 de setembro do ano passado houve uma reunião entre os líderes da comunidade e o diretor-presidente da EMHA (Empresa Municipal de Habitação), Enéas José de Carvalho.

Ele sinalizou a possibilidade de doar a área onde os indígenas estão vivendo para a construção de 20 casas. As outras 50 famílias seriam acomodadas em um outro terreno, no mesmo bairro.

“Como a Prefeitura já sinalizou positivamente, e o Governo do Estado está comprometido em fornecer o material de construção, acredito que dentro de pouco tempo conseguiremos iniciar a construção das casas”, finalizou Rose.


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Você é a favor do porte de armas para qualquer pessoa?

Sim

Não

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados