ELEIÇÕES 2018
22.03.2018 | 11h49 - Atualizado em 22.03.2018 | 12h53
Tamanho do texto A- A+

Miglioli diz que esta pronto e com vontade de disputar o senado

Secretário diz que Reinaldo conquistou o direito de governar mais 4 anos

“Estou pronto, sinto-me preparado e estou com vontade de disputar uma vaga de senador de Mato Grosso do Sul pelo PSDB”, disse o engenheiro Marcelo Miglioli, secretário de Infraestrutura do Governo estadual, assinalando em entrevista a uma emissora de rádio de Campo Grande que essa candidatura “depende do interesse de todo um grupo político que tem compromisso com o nosso estado”.

.

 

Miglioli afirmou que tem recebido manifestações de apoio de prefeitos e de deputados para se candidatar, disse que tem trabalho para mostrar mas espera a decisão do partido. Para ele, o governador Reinaldo Azambuja “conquistou o direito de mais quatro anos de mandato pelo que fez e permitiu ao Estado avançar mesmo diante de uma das mais graves crises da história do nosso país”. 

Marcelo reconhece que o secretário Eduardo Riedel também postula a mesma posição, salienta que os dois são amigos do governador e que são peças importantes na estrutura de um governo estadual que tem responsabilidade de administrar o Mato Grosso do Sul até 31 de dezembro desse ano. “Não tenho dúvida nenhuma de que vamos chegar a um consenso e decidir pelo que é melhor para o grupo político que dá sustentação e apoio a Reinaldo”, avaliou. 

Questionado sobre seu jeito direto de falar e se relacionar com as pessoas, Miglioli disse que é uma pessoa positiva, que diz sim ou não, dando respostas claras “mas educadas e respeitosas”. Ele assinalou que as pessoas que aceitam mais “ouvir promessas que não serão cumpridas ou ser empurradas com a barriga”. 

Vencendo a crise 

Marcelo Miglioli disse à CBN que o governador Reinaldo Azambuja fez o dever de casa, tomou as medidas necessárias e ajudou Mato Grosso do Sul a atravessar a crise “constituindo musculatura própria”, construindo sem depender muito da União que fechou a torneira dos recursos para os Estados. O governador foi firme e deu o comando certo para vencermos a crise. “teve um custo mas foi muito menor do que os demais Estado estão enfrentando hoje”, assinalou. 

Graças a um planejamento bem pontual e objetivo, voltado para os quatro anos de administração, o governo realizou uma gestão com viés municipalista e hoje tem obras e serviços prestados nos 79 municípios. “E tem mais, sem nenhum tipo de discriminação política ou partidária: Reinaldo despolitizou a administração pública atendendo os municípios igualmente, considerando apenas suas peculiaridades e necessidades”, garantiu. 

Hoje o Estado trabalha sem financiamento externo, como aconteceu no passado recente, e todas as obras são realizadas com recursos próprios. “Também estamos buscando novos recursos, mas enquanto isso não acontece, o contribuinte sul-mato-grossense pode ver e ter certeza de que o seu dinheiro está sendo bem administrado, com honestidade e seriedade”.


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Você é a favor do porte de armas para qualquer pessoa?

Sim

Não

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados