Dia dos Pais
11.08.2017 | 17h24 - Atualizado em 11.08.2017 | 17h25
Tamanho do texto A- A+

Presentes para o Dia dos Pais têm variação de quase 80% entre lojas da Capital

Dica do Procon é pesquisar preços antes de efetuar as compras

Correio do Estado

Preço de itens para presente no Dia dos Pais, comemorado neste domingo (13), pode variar até 79,9% de um estabelecimento para outro em Campo Grande, segundo pesquisa divulgada hoje pela Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon).

Ribas / Correio do Estado

Pesquisa foi feita em 12 estabelecimentos e contempla itens como aspirador de pó automotivo, barbeadores e máquinas de cortar cabelo, churrasqueiras, som para carro, bicicletas, televisores, videogames e celulares, entre outros produtos que são tradicionalmente procurados na data.

Conforme o levantamento, item com maior diferença de preço é o aspirador de pó automotivo portátil, com valor de R$ 38,90 a R$ 69,99, variação de 79%.

Barbeador elétrico Philips também apresentou grande varição, de 65,97%, com preços entre R$ 119,90 e R$ 199, e a TV Led Smart 32 polegadas LD, com valores entre R$ 1.119 e R$ 1.799,90, variação de 60,86%.

Superintende do Procon, Marcelo Salomão, afirma que é importante os consumidores sempre pesquisarem antes de efetuar a compra, para garantir economia.

Pesquisa foi realizada entre os dias 20 de julho e 1º de agosto, no Magazine Luiza, Romera, Ricardo Eletro, Walmart, Americanas, Havan, Carrefour, Extra, Leroy Merlin, Sertão, Multicoisas e Polishop.

Destes locais, Carrefour é o local onde foram encontrados maior número de itens com menor preço, enquanto o Extra é o que tem maior quantidade de itens com maior preço.

Confira a pesquisa completa.


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para Governador de MS?

André Puccinelli (PMDB)

Reinaldo Azambuja (PSDB)

Odilon de Oliveira (PDT)

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados