Nepes
08.11.2017 | 09h36 - Atualizado em 08.11.2017 | 09h38
Tamanho do texto A- A+

Campo Grande registra menor inflação em outubro desde 2006

Percentual foi de 0,28%, segundo o apurado pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC/CG), medido pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais (Nepes), da Uniderp.

Correio do Estado

Campo Grande registrou no mês de outubro com uma inflação de 0,28%, segundo o apurado pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC/CG), medido pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais (Nepes), da Uniderp.

A taxa, conforme o núcleo, é a mais baixa que a de setembro, quando o percentual foi de 0,33% e também é a mais baixa para o mês de outubro desde 2006, quando o índice foi de -,008%. No acumulado de 12 meses a inflação na capital foi em 2,38% e no ano de 1,78%.

A inflação acumulada nos últimos 12 meses ficou em 2,38%, índice abaixo do centro da meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), que é de 4,5%. No período, a maior taxa em relação aos grupos é do Vestuário, com 12,01%, seguindo de Transportes e Habitação, com inflações acumuladas de 4,12% e 3,60%, respectivamente.

"A inflação ainda permanece controlada, pois na análise da inflação acumulada as taxas estão bem abaixo da meta inflacionária fixada pelo governo, o que indica que as medidas econômicas tomadas pelas autoridades vêm dando certo, surtindo os efeitos esperados. Com isso, tem diminuído o valor da taxa Selic, que está atualmente em 7,5%, sinalizando que os juros podem baixar mais, dinamizando o setor econômico brasileiro, com geração de emprego e renda", explica o coordenador do Nepes, Celso Correia de Souza.

Em outubro, as maiores contribuições para para a alta da inflação foram:

  • Batata, com 47,74%;
  • Patinho, com 10,88%;
  • Contrafilé, com 9,18%;
  • Tênis com 7,63% ;
  • Calça comprida masculina, com 4,98%;
  • Gás em botijão, com 4,87% ;
  • Energia elétrica, com 1,35%;
  • Alcatra, com 3,93%;
  • Computador com 3,35% e
  • Diesel, com 2,33%.

Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para Governador de MS?

André Puccinelli (PMDB)

Reinaldo Azambuja (PSDB)

Odilon de Oliveira (PDT)

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados