PIS/Pasep
28.11.2017 | 15h19 - Atualizado em 28.11.2017 | 14h27
Tamanho do texto A- A+

Antecipação do PIS/Pasep melhora poder de compra do brasileiro

Para impulsionar a economia e devolver o poder de compra ao brasileiro, o presidente Michel Temer tomou algumas medidas que beneficiaram trabalhadores de todo o Brasil.

.

 

Além da liberação dos recursos que estavam nas contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), o governo também decidiu antecipar os saques do PIS/Pasep, uma ação que vai injetar R$ 15,9 bilhões na economia.

Se somarmos a liberação do PIS/Pasep com a liberação das contas do FGTS, o governo colocou R$ 60 bilhões na mão de consumidores, que poderão ter um Natal mais tranquilo, com mais recursos para colocar as finanças em dia ou garantir um fim de ano mais confortável.

Nos últimos meses, os brasileiros têm ido às compras, o que dá um novo fôlego ao comércio. Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), as medidas do governo, somadas às quedas da inflação e dos juros, levaram a um aumento da confiança dos empresários.

Quando há mais otimismo entre os comerciantes, o País consegue gerar mais emprego e renda.

Os reflexos dessas mudanças já começam a aparecer mais claramente na vida dos brasileiros. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram que 76.599 postos de trabalho foram criados apenas em outubro – esse foi o melhor resultado em três anos.

O que mudou no PIS/Pasep

Em outubro, o governo decidiu antecipar o pagamento do PIS/Pasep. Isso quer dizer que mais gente terá acesso ao benefício neste ano. O calendário de pagamentos das cotas por motivo de idade e aposentadoria foi divulgado em 28 de setembro.

De acordo com a Medida Provisória 797/2017, mulheres a partir de 62 anos e homens a partir de 65 anos que ainda tenham saldo de cotas terão direito a realizar os saques. A medida beneficia 5,1 milhões de trabalhadores.

O pagamento das cotas do PIS/Pasep começou em 19 de outubro. Tem direito às cotas o trabalhador cadastrado no Fundo PIS/PASEP, entre 1971 e 4/10/1988, que ainda não sacou o saldo total de cotas na conta individual de participação.


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para Governador de MS?

André Puccinelli (PMDB)

Reinaldo Azambuja (PSDB)

Odilon de Oliveira (PDT)

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados