Procon Estadual
02.02.2018 | 09h28 - Atualizado em 02.02.2018 | 09h30
Tamanho do texto A- A+

Gasolina pode ser encontrada a R$ 3,849 na Capital

Um dos itens que faz a diferença no bolso do consumidor é o preço do combustível, que interfere diretamente no dia a dia de todos, desde a passagem de ônibus até as refeições em casa. Pesquisa do Procon Estadual, divulgada nesta sexta-feira (2.2), aponta variação de quase 12% no preço da gasolina comum, sendo o menor preço encontrado a R$ 3,849 e o maior a R$ 4,309.

.

 

A pesquisa, a primeira do órgão envolvendo 77 estabelecimentos e que deve ser realizada trimestralmente, também traz dados sobre a gasolina aditivada, etanol, diesel e diesel-S10. No etanol a variação ultrapassa os 16%, sendo o menor preço de R$ 3,099 e o maior de R$ 3,599. O GNV, gás natural, traz uma das menores variações de preço com R$ 2,499 e R$ 2,559, respectivamente.

Marcelo Salomão, titular da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), ligada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), destaca que o consumidor deve ficar atento aos preços praticados pelos estabelecimentos. “É importante que o consumidor pesquise antes de comprar. É uma forma dele economizar, fazendo ainda com que seu veículo rode gastando menos dinheiro com combustível”, aponta.

Salomão lembra ainda que o Procon Estadual, em parceria com técnicos da Agência Nacional de Petróleo (ANP), e agentes da Delegacia do Consumidor (Decon), realizam constantes verificações quanto à qualidade dos combustíveis comercializados. “Também é um direito do consumidor exigir o teste do combustível, que mede a proporção de etanol na gasolina, antes de abastecer, conforme resolução nº 9 de 2007 da ANP”, complementa.

A pesquisa completa pode ser conferida aqui. O Procon Estadual disponibiliza o número 151 e o Fale Conosco do site www.procon.ms.gov.br aos consumidores para informações e denúncias.

Leomar Alves Rosa – Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast)


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Você é a favor do porte de armas para qualquer pessoa?

Sim

Não

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados