Economia
18.03.2018 | 11h20 - Atualizado em 18.03.2018 | 12h05
Tamanho do texto A- A+

Depois de cair por três semanas, preço da gasolina volta a subir na Capital

CGNews

Abastecer está um pouco mais caro em Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio)

Abastecer está um pouco mais caro em Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio)
 

Depois de três semanas de quedas consecutivas, o preço da gasolina volta a subir em Campo Grande. O combustível encareceu 2,83% em poucos dias, chegando a R$ 4,277 conforme apurado pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis). Já o preço etanol apresenta ligeira variação negativa e o diesel, leve alta.

Desde a segunda quinzena de fevereiro, a gasolina vinha ficando mais barata em Campo Grande. Na semana de 18 a 24 do mês passado, o valor médio era de R$ 4,114. Nas sondagens seguintes, o preço médio caiu para R$ 4,095 e para R$ 4,076. Na semana passada, no entanto, aumentou para R$ 4,094.

Se considerados os maiores valores verificados pela ANP, a variação em uma semana nos postos da Capital é de 2,83%, de R$ 4,159 para R$ 4,277. O preço se aproxima do teto de quatro semanas atrás, de R$ 4,299.

Os dados da ANP também mostram que a variação é acentuada entre os preços praticados pelos postos. O valor mínimo verificado pela Agência na semana passada é de R$ 3,99, mas há estabelecimentos com preço abaixo dos R$ 3,90. Levando-se em conta apenas os números da ANP, a variação entre os menores e maiores valores é de 6,95%.

No cartão – Também é significativa a diferença de preços entre compras a vista ou no crédito. Em um posto da Capital, a gasolina é vendida por R$ 3,88 no cartão de débito ou no dinheiro. Mas se o consumidor preferir pagar com o cartão de crédito, o valor do litro sobe para R$ 4,09.

Outros – O etanol ficou levemente mais barato em Campo Grande. A queda no preço médio na semana passada com relação à anterior é de -0,11%, de R$ 3,361 para R$ 3,357. No entanto, na segunda quinzena de fevereiro, o valor médio era de R$ 3,309.

Quanto ao diesel, houve ligeira majoração de 0,29% no preço médio, passando de R$ 3,677 para R$ 3,688 nas duas semanas anteriores. Em meados do mês passado, o litro do combustível custava, em média, R$ 4,176.


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Você é a favor do porte de armas para qualquer pessoa?

Sim

Não

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados