Gestão Republicana
20.05.2018 | 10h20 - Atualizado em 20.05.2018 | 10h23
Tamanho do texto A- A+

Blindados contra ação eleitoral, Azambuja e Trad acumulam vitórias

Redação

A parceria entre um governador pré-candidato à releição e um prefeito que goza de uma sólida liderança no maior colégio eleitoral do Estado vem garantindo aos 79 municípios de Mato Grosso do Sul e, particularmente, à capital, Campo Grande, uma seqüência vitoriosa de realizações. Instalada em 2017, logo após a posse de Marquinhos Trad (PSD), a parceria deu ao governador tucano Reinaldo Azambuja uma oportunidade para contribuir de forma mais ampla e regular com o desenvolvimento da cidade em que nasceu.

.

 

O poder dessa aliança, no entanto, não é uma obra acidental ou fruto de contexto protocolar. A parceria consegue alimentar sua musculatura porque tem o conteúdo republicano da responsabilidade política, ética e institucional, o que a faz imune à contaminação eleitoral e ideológica, fenômeno que se potencializa durante os períodos de disputas eletivas.

A sucessão estadual poderia estar interferindo nessa relação entre Prefeitura e Governo, tanto para disparar os mecanismos da pressão amigável, haja vista a boa convivência entre seus representantes máximos, como criar atalhos políticos pedregosos que poriam em risco os resultados pré-estabelecidos. Mas não houve pressão de Azambuja sobre Marquinhos para que apoie sua luta pela reeleição. Também não surgiu até agora qualquer indício de enfraquecimento ou revisão nesse diálogo que avançou do político ao interinstitucional quando, no primeiro dia de Marquinhos na Prefeitura, o governador se comprometeu a sistematizar um programa de apoio à recuperação e ao crescimento da cidade.

Na terça-feira passada, o lançamento do “Reviva Centro”, foi mais uma estrada que Estado e Município abriram para que caminhem juntos. O ato reforça iniciativas anteriores, como as do Programa Juntos por Campo Grande, que assegurou à capital mais de R$ 130 milhões em obras de infraestrutura viária, incluídas a recuperação, a abertura, a sinalização e a reestruturação de ruas e avenidas estratégicas. Agora, mais um ciclo de intervenções urbanas otimizará os esforços para tirar a cidade do caos a que foi submetida nos quatro anos que antecederam a gestão de Marquinhos Trad.

RESPEITO – O governador respeita a neutralidade que Marquinhos Trad vem mantendo em relação à disputa. Mesmo na fase de pré-campanha e com seu irmão, Nelsinho Trad (PTB), participando de forma aberta e desenvolta das andanças de Azambuja pelo interior, o prefeito faz questão de não se enredar pelos chamados da política eleitoral, ainda que sejam vozes do sangue, apelos familiares. Acima de tudo isso, para ele, está a saúde de sua gestão, fundamental para devolver ao município todo seu potencial desenvolvimentista.

Com essa postura, Reinaldo Azambuja e Marquinhos Trad demonstram ser possível fazer a política do interesse publico e do compromisso em servir à vontade coletiva. As melhorias visíveis que v?m sendo operadas em Campo Grande e as perspectivas recentes sinalizadas por mais um super-projeto de investimentos urbano, o “Reviva Centro”, indicam que as soluções em curso não serão passageiras, como são as disputas eleitorais. E os campograndenses têm a garantia de respostas duradouras a seus apelos legimos.

 


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Você é a favor do porte de armas para qualquer pessoa?

Sim

Não

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados