Obras
24.05.2018 | 09h12 - Atualizado em 24.05.2018 | 09h12
Tamanho do texto A- A+

Com expansão da rede de esgoto, pavimentação do Nova Lima será retomada nesta sexta

Serão retomadas nesta sexta-feira (25) as obras de drenagem e pavimentação no Bairro Nova Lima, etapa A, projeto que integra o PAC Pavimentação. O serviço será retomado a partir da colocação das travessias da rede de esgoto  na pista lateral à Avenida Cônsul Assaf Trad , com a terraplanagem, e em seguida será  aplicada a capa asfáltica no trecho entre a Rua Zulmira Borba e a Rua Marquês de Herval. A pavimentação desta via vai ajudar a desafogar um pouco o tráfego na Assaf Trad, no sentido bairro-centro.

.

 

Dos quase 20 quilômetros de pavimentação previstos nesta etapa (exatos 19,38 km), iniciada em agosto do ano passado, até a interrupção do serviço em novembro do ano passado, já foram executados 7,44 quilômetros e  mais de 90% da drenagem programada (8.028,85 km dos  8,75 km projetados). Neste período, boa parte das calçadas ficaram prontas  e houve a conclusão das últimas duas quadras de asfalto de ruas (Eugênio Silvério e Botafogo).

Como parte da drenagem, foi implantado  um tubo Armco de 1,20 metros de diâmetro, que atravessa  a Avenida Cônsul Assaf Trad (na altura da Rua Eugênio Lima), pelo chamado método não destrutivo. A tubulação vai  escoar toda a água pluvial do Nova Lima  para um piscinão (bacia de retenção) existente nos fundos do Alphaville.

A  pavimentação do Nova lima  foi interrompida em novembro do ano passado porque a Águas Guariroba suspendeu a implantação da rede de esgoto, depois que o Tribunal de Contas suspendeu o contrato que prorrogava o contrato de concessão por mais 30 anos. A Caixa não autoriza o andamento de obras financiadas com recursos do FGTS, como este projeto, em regiões onde não haja rede de esgoto.

Depois que o TCE/MS garantiu a prorrogação da concessão por mais 18 anos, até o julgamento do mérito da ação, a Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos (Agereg) determinou o reinicio da expansão do esgoto em todas as áreas onde há obras de pavimentação em andamento, como o Nova Lima e o Santa Luzia.

 O projeto

A etapa A da pavimentação e drenagem do Nova Lima cobrirá o quadrilátero formado pelas ruas Marques de Herval, Jerônimo de Albuquerque, Zulmira Borba e Avenida Cônsul Assaf Trad. Serão implantados 8,75 quilômetros de drenagem, 19,38 km de pavimentação e 4,78 km de recapeamento. Nesta primeira etapa da pavimentação do Nova Lima está programado o asfaltamento das ruas Sócrates; Dona Maria Izabel; Dom Sebastião Leme; Santo Inácio de Loiola;  Júlio Prestes; Eugênia Lima; Randolfo Lima; Assunção  Borba;  Martin Faustino; Botafogo; Eugênio Silvério; Alfredo Borba; Padre Antonio Franco; Firmo Cristaldo; Galileu; Aquiles; Celina Baís Martins, além das avenidas Carlota Joaquina e Cândido Garcia.

Serão recapeadas as ruas Marques de Herval; Jerônimo de Albuquerque e Avenida Zulmira Borga, uma das principais vias de acesso ao bairro, que também será duplicada, nesta etapa entre a Cônsul Assaf Trad e a Jerônimo de Albuquerque. O trecho complementar será feito como parte das obras do Complexo José Tavares, que serão licitadas em agosto. .

Já está na Caixa Econômica Federal, para aprovar a reprogramação, a primeira etapa do e recapeamento da Avenida Cônsul Assaf Trad, pista bairro-centro, entre a Avenida Zulmira Borba e a Rua Marques de Herval. O projeto já está sob análise da Caixa Econômica Federal para reprogramação.


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Você é a favor do porte de armas para qualquer pessoa?

Sim

Não

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados