Pavimentação
25.05.2018 | 12h36 - Atualizado em 25.05.2018 | 12h38
Tamanho do texto A- A+

Prefeitura retoma obra de pavimentação de 20 km do Nova Lima

Os moradores do Bairro Nova Lima acordaram nesta manhã (25) com o barulho das máquinas para execução das obras de drenagem e pavimentação. A obra, esperada há anos pelas famílias da região, e que teve início no ano passado, estava paralisada desde novembro, quando o Tribunal de Contas suspendeu o contrato que prorrogava o contrato de concessão com a Águas Guariroba, que fazia a implantação da rede de esgoto no local.

.

 

O prefeito Marquinhos Trad acompanhou a retomada das obras, que fazem parte do projeto que integra o PAC Pavimentação. O serviço está sendo retomado a partir da colocação das travessias da rede de esgoto  na pista lateral à Avenida Cônsul Assaf Trad , com a terraplanagem, e em seguida será  aplicada a capa asfáltica no trecho entre a Rua Zulmira Borba e a Rua Marquês de Herval.

A presidente do Bairro Nova Lima, Vera Amaro, destacou a importância da continuidade dessa obra para a comunidade. “Significa saúde e também a valorização dos imóveis, a partir da nova infraestrutura. Mas, o mais importante é que essa obra vai acabar com o esgoto a céu aberto e as fossas, problema enfrentado há muitos anos, que deixava as famílias que aqui residem sujeitas a doenças. Foram anos esperando pelo asfalto e esgoto. A gente cansou de ver troca de representantes, que só faziam promessas… promessas. Agora é real”, comemorou.

Marquinhos lembrou que a paralisação das obras não foi causada pela Prefeitura, mesmo porque o recurso para a mesma já está garantido e o projeto estaria praticamente concluído se não fosse a decisão do TCE.

“Precisamos obedecer as decisões da justiça e dos órgãos de controle. Também lamentamos a suspensão, mas agora houve uma possibilidade de retomada. A Águas tem a consciência da importância para resolver esse problema e decidiu retomar conosco os trabalhos. A Prefeitura não poderia dar sequencia a execução sem que a concessionária realizasse a implantação da rede de esgoto já que depois da via pavimentada seria necessário cortar todo o asfalto e traria aquele prejuízo todo que a gente sabe”, justificou o chefe do Executivo Municipal.

A pavimentação desta via vai ajudar a desafogar um pouco o tráfego na Assaf Trad, no sentido bairro-centro. Dos quase 20 quilômetros de pavimentação previstos nesta etapa (exatos 19,38 km), iniciada em agosto do ano passado, até a interrupção do serviço em novembro, já foram executados 7,44 quilômetros e  mais de 90% da drenagem programada (8.028,85 km dos  8,75 km projetados). Neste período, boa parte das calçadas ficaram prontas  e houve a conclusão das últimas duas quadras de asfalto de ruas (Eugênio Silvério e Botafogo).

O secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, explica que, embora a interrupção da obra tenha prejudicado o cronograma da mesma, com o tempo seco será possível avançar significativamente com os trabalhos. “Assim que surgiu a possibilidade de retomar a obra, em conjunto com a Águas decidimos fazê-lo imediatamente, visto que perdemos alguns meses do cronograma de execução. Com a estiagem nesse período e o tempo bom, acredito que vamos conseguir avançar bastante”.

O projeto

A etapa A da pavimentação e drenagem do Nova Lima cobrirá o quadrilátero formado pelas ruas Marques de Herval, Jerônimo de Albuquerque, Zulmira Borba e Avenida Cônsul Assaf Trad. Serão implantados 8,75 quilômetros de drenagem, 19,38 km de pavimentação e 4,78 km de recapeamento. Nesta primeira etapa da pavimentação do Nova Lima está 

programado o asfaltamento das ruas Sócrates; Dona Maria Izabel; Dom Sebastião Leme; Santo Inácio de Loiola;  Júlio Prestes; Eugênia Lima; Randolfo Lima; Assunção  Borba;  Martin Faustino; Botafogo; Eugênio Silvério; Alfredo Borba; Padre Antonio Franco; Firmo Cristaldo; Galileu; Aquiles; Celina Baís Martins, além das avenidas Carlota Joaquina e Cândido Garcia.

Serão recapeadas as ruas Marques de Herval; Jerônimo de Albuquerque e Avenida Zulmira Borga, uma das principais vias de acesso ao bairro, que também será duplicada, nesta etapa entre a Cônsul Assaf Trad e a Jerônimo de Albuquerque. O trecho complementar será feito como parte das obras do Complexo José Tavares, que serão licitadas em agosto.

Já está na Caixa Econômica Federal, para aprovar a reprogramação, a primeira etapa do e recapeamento da Avenida Cônsul Assaf Trad, pista bairro-centro, entre a Avenida Zulmira Borba e a Rua Marques de Herval. O projeto já está sob análise da Caixa Econômica Federal para reprogramação.

A retomada das obras no Nova Lima contou com a presença do secretário municipal de Governo e Relações Institucionais, Antônio Cézar Lacerda; do Chefe de Gabinete do Prefeito, Alex Gonçalves e do diretor-presidente da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos, Vinícius Leite Campos.


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Confira também nesta seção:

Fatal error: Function name must be a string in /home/jornalon/public_html/__index_lista.inc.php on line 78