Obras
08.06.2018 | 09h45 - Atualizado em 08.06.2018 | 09h45
Tamanho do texto A- A+

Prefeitura conclui 1ª etapa de drenagem e faz recapeamento de acesso à universidade

A Prefeitura de Campo Grande conclui a primeira etapa das obras de drenagem e controle de enchentes nas regiões de influência dos bairros Danúbio Azul, Eco Parque e Vila Nascente, que integram o Complexo Mata do Jacinto, etapa D. Com a conclusão do recapeamento foi liberado o trânsito na pista bairro/centro da Avenida Desembargador Leão Neto do Carmo, trecho entre a Avenida Hiroshima e a Rua Delegado Carlos Roberto Bastos de Oliveira, interditada desde abril para implantação de drenagem.

.

 

Outra frente de drenagem quase concluída vai ajudar os problemas de alagamento nas laterais da Avenida Vitório Zeolla. Estão implantados 330 metros de tubulação a partir da Rua da Fortuna, que passa pela Rua das Folhagens e atravessa a Praça Bosque da Paz e se conectará com a rede existente na Rua Pedro Martins.

A última etapa do serviço na Desembargador Leão Neto do Carmo , um trecho de 280 metros (pista centro/bairro),entre o Tribunal de Justiça e uma unidade da Polícia Militar, deve ser iniciado na próxima semana, com implantação de drenagem e posteriormente recapeamento. Esta avenida, que tem uma extensão de 2 quilômetros, serve de acesso ao campus da Uniderp Agrárias e a Avenida Carlinda Pereira Contar, que atravessa os bairros Jardim Veraneio, Arco-Íris, Estrela Dalva, Novos Estados e termina no Jardim Montevideo.

A região recebeu rede de drenagem para captar as águas pluviais que descem de vários bairros no entorno do Parque dos Poderes, como o Jardim Futurista e Eco Parque e levar a enxurrada até o piscinão projetado para os altos da Avenida Mato Grosso. O volume de água que escorria superficialmente era tão grande, que periodicamente o pavimento da Avenida Leão Neto do Carmo tinha trechos arrancados com a força da enxurrada.

Na Avenida Desembargador Leão Neto do Carmo estão sendo colocados tubos de polietileno de alta densidade ( PEAD corrigados), com 1,2 metro de diâmetro, enterrados a seis metros de profundidade (para garantir maior declividade), material resistente, que por ser liso internamente, garante mais facilidade de manutenção. A tubulação se conectará a rede já existente na recém-aberta Avenida dos Poderes.

A drenagem já foi implantada no trecho complementar da avenida até a rotatória, em frente do comando da Polícia Militar (onde o recapeamento foi feito até o macroanel) por trás da Academia de Polícia e na Rua Rio Claro (acesso ao conjunto Eco Parque), onde o piso em lajota sextavada foi trocado pelo pavimento a base de CBUQ.

Mata do Jacinto Etapa D

Estão sendo investidos em torno de R$ 11 milhões nesta última etapa do Complexo Mata do Jacinto etapa D, que contempla intervenções para controle de enchente, pavimentação e a construção de um piscinão nos altos da Avenida Mato Grosso, com capacidade para retenção de 22 milhões de litros. Já foi feita uma travessia em tubo Armco sob a pista para escoamento da enxurrada que desaguará no Córrego dentro do Parque das Nações Indígenas.

Já foi aberta a avenida Parque dos Poderes que liga (em sentido diagonal) as avenidas Mato Grosso e  Desembargador Leão Neto do Carmo, além de ter sido executado o recapeamento das avenidas Mato Grosso, Hiroshima, trecho da Leão do Carmo, entre a Rua da Academia até a o macroanel e a Avenida Santa Luzia e as ruas Aracruz, Antonio Maria Coelho e Rio Claro.


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Confira também nesta seção:

Fatal error: Function name must be a string in /home/jornalon/public_html/__index_lista.inc.php on line 78