Jogos da Juventude de Mato Grosso do Sul
28.05.2018 | 12h04 - Atualizado em 28.05.2018 | 12h03
Tamanho do texto A- A+

Jojums classifica oito equipes para disputar as semifinais em Naviraí

Os Jogos da Juventude de Mato Grosso do Sul (Jojums) na modalidade futsal chegaram ao fim no sábado (26.5) em Coxim. Foram cinco dias de evento desportivo, com a participação de 53 municípios.

.

 

As quatro classificadas para as semifinais Copa dos Campeões, na modalidade masculino, são as equipes de Campo Grande, Costa Rica, Dourados e Pedro Gomes; já no feminino estão as de Campo Grande, Dourados, Iguatemi e Nova Andradina. As semifinais acontecem em Naviraí de 24 a 26 de agosto.

O Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) em parceria com a prefeitura de Coxim realizou mais um grande evento, aproximadamente mil pessoas estiveram envolvidas entre delegações e organização.

Foram momentos de competição, diversão, entretenimento e lazer, intercâmbio cultural, ações sociais e ambientais proporcionadas às equipes que participaram dos Jojums.

Há 28 anos o árbitro Luis Nunes Dávila acompanha os Jogos e contou sobre sua experiência e a nova fase que o Jojums está passando. “Uma evolução muito grande em nível de Estado, minha primeira participação nos jogos que chamava Semis foi em 1990; as equipes melhoraram muito, o envolvimento dos professores e as escolas são maiores, o Governo do Estado em parceria com o município está se empenhando para realizar grandes competições”.

Ele também ressaltou sobre os competidores: “os atletas hoje são tratados de forma digna, a atual gestão da Fundesporte é visionária, participei de edições anteriores e, a cada ano, a equipe está dando condições para formação de desportistas e buscando sempre melhorar”.

A diretora da EE Padre Nunes, Gisele Fuzineli, acompanhou todos os dias o  Jojums e falou sobre a importância do esporte na vida dos jovens. “É uma oportunidade única que muitos desses adolescentes estão tendo de sair de suas cidades e ter uma convivência com pessoas de outros lugares e modos diferentes, o MS é muito grande e rico em diversidade cultural, a prática do esporte gera transformação, é um caminho para tirar os jovens das ruas, isso é primordial e fundamental, além de contribuir na formação do caráter, de saber que na vida existem dificuldades, perdas e ganhos, superação, respeito e companheirismo.”

A missão do Estado não é somente a formação de atletas profissionais, mas a formação de cidadãos de bem, críticos e produtivos para o futuro de Mato Grosso do Sul.

Texto e fotos: Vanessa Ayala – Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte)


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Você é a favor do porte de armas para qualquer pessoa?

Sim

Não

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados