Dourados
09.11.2017 | 10h29 - Atualizado em 09.11.2017 | 10h31
Tamanho do texto A- A+

Polícia acredita que mais “castanheiros” tenham participado de tráfico

Dourados News

Além dos quatro vendedores de castanha moradores em Sergipe presos na tarde de ontem (8) pela GMD (Guarda Municipal de Dourados) com maconha em malas, a polícia acredita que outras pessoas tenham participado da ação, porém, divididas em outros ônibus.

Osvaldo Duarte

 

Os autônomos viajam pelo país sempre em número grande de pessoas e para tentar despistar a fiscalização, existe a possibilidade de embarque em veículos diferentes.

De acordo com o boletim de ocorrência, Geovânio Souza Santos, 25, Jaime José dos Santos, 29 e Sandro da Silva Siqueira, todos moradores em Itabaiana (SE), além de Alan Santos Ismirin, 22, residente em Aracaju (SE) acabaram flagrados com 43 quilos de maconha divididos em vários tabletes em suas malas. 

A apreensão ocorreu no Terminal Rodoviário Renato Lemes Soares, em Dourados, e não próximo ao Trevo da Bandeira, conforme noticiado na quarta-feira.

Segundo Jaime, que seria uma espécie de líder do grupo, homem identificado como ‘Primo’ teria o contatado na fronteira durante a venda das castanhas e lhe oferecido R$ 500 para realizar o transporte da droga até o Nordeste brasileiro.

No depoimento, ele chegou a afirmar que Sandro não sabia do acordo e que apenas teria colocado a maconha em sua mala, porém, a polícia acredita que o rapaz tinha convicção da droga, principalmente pelo peso anormal da bolsa.

Os quatro acabaram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas.

Osvaldo Duarte


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para Governador de MS?

André Puccinelli (PMDB)

Reinaldo Azambuja (PSDB)

Odilon de Oliveira (PDT)

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados