12.02.2018 | 08h50 - Atualizado em 12.02.2018 | 08h51
Tamanho do texto A- A+

Motociclista é arremessado por 50 metros e morre depois de colisão com picape

Condutor de automóvel envolvido fugiu para evitar linchamento

Correio do Estado

Motociclista João Damásio Gonçalves Martins, de 63 anos, morreu depois de ser arremessado por 50 metros em acidente de trânsito na noite de ontem, na região da Vila Progresso, em Dourados. 

Foto: Adilson Domingos

.

 

Segundo a Polícia Civil, o veículo da vítima bateu contra uma picape Strada conduzida por Thiago Branquinho Nonato, de 25 anos, que fugiu do local supostamente para evitar linchamento.

De acordo com o boletim de ocorrência, João seguia pela Rua Iguassu em uma moto Shineray, rebocando uma carretinha, quando, ao cruzar a Avenida Presidente Vargas, houve a colisão com a picape. 

Informações apontam que o João foi arremessado a 50 metros de distância do local da batida, caindo no meio do canteiro. Ele morreu no local. A moto dele foi parar no cruzamento da Presidente Vargas com a Rua Ipiranga, 100 metros longe, porque ficou enroscada no automóvel. 

Conforme a polícia, como não havia marcas de frenagem no chão, a suspeita é de que Thiago tenha arrastado a moto na tentativa de fugir. No carro foram encontradas duas latas de cerveja abertas, sendo uma no interior e outra na carroceria, além de um copo de uísque. Depois do acidente, Thiago fugiu do local, conforme testemunhas, para evitar ser linchado. O caso é investigado.


Voltar 




Preencha o formulário clicando no botão abaixo e seja o primeiro a comentar esta matéria.
Comente está matéria

Sua Opinião

Você é a favor do porte de armas para qualquer pessoa?

Sim

Não

  • votar
  • parcial
Copyright © 2012 Jornal do Ônibus - Todos os direitos reservados