Terça-feira, 23 de Julho de 2019

DESTAQUE
Quarta-feira, 10 de Julho de 2019, 16h:58

Obras

Com olhar voltado para os bairros, Prefeitura anuncia R$ 65 milhões em obras nas setes regiões

O prefeito  Marquinhos Trad anunciou nesta quarta-feira (10) que Campo Grande vai receber R$ 65 milhões de investimentos em novos projetos que vão beneficiar, principalmente, os bairros da cidade. A afirmação aconteceu durante o ato de assinatura do contrato de financiamento de R$ 30 milhões junto à Caixa Econômica Federal (linha de crédito do Finisa 2), que serão aplicados na execução de 28,2 quilômetros de recapeamento; pavimentação dos bairros Ramez Tebet e Residencial Barra da Tijuca, além da construção de duas escolas (Parati e Vila Natalia) e duas Unidades Básicas de Saúde da Família (Santa Emília e Jardim das Perdizes), entre outras melhorias.

Além do financiamento formalizado hoje, o prefeito anunciou na última quinta-feira, em solenidade na Câmara Municipal, investimentos em 36 obras nos equipamentos esportivos de Campo Grande, garantindo reformas ou construções em mais de 30 bairros. Outros R$ 11 milhões serão financiados em nova linha de crédito contratado através do Finisa 1. Neste montante de R$ 65 milhões, provenientes de recursos da União, Governo Estadual, CEF e Município, estão inseridos R$ 2,3 milhões que serão investidos na revitalização do Ginásio Guanandizão.

Programa Mais Obras nos Bairros

Do financiamento de R$ 30 milhões assinado nesta manhã (Finisa 2), R$ 8,6 milhões serão aplicados neste ano e R$ 21,4 milhões em 2020. Do total contratado, R$ 17.592.000,00 serão investidos na execução de 28,2 quilômetros de recapeamento nas sete áreas urbanas da cidade, além de frentes de pavimentações nos bairros Ramez Tebet e Tijuca.

O  restante do financiamento será destinado à construção de uma escola de 12 salas de aula na Vila Natália; conclusão de uma unidade do mesmo porte no Bairro Paraty, que exigirão o aporte de R$ 3,9 milhões e, juntas, vão ofertar quase 1,6 mil novas vagas.

Outros R$ 2,2 milhões vão garantir a conclusão de duas unidades básicas de saúde (Santa Emília e Jardim das Perdizes).  Para reforma e revitalização de  parques e espaços públicos, estão reservados R$ 6,3 milhões.  Estão programadas intervenções nos parques Ayrton Senna, Elias Gadia, Centro Olímpico Vila Nasser, Soter , Horto Florestal, Estádio de Beisebol, quadra esportiva Okinawa  e Praça da Juventude.

Ao destacar que o financiamento assinado hoje vai perfazer mais de R$ 60 milhões em obras, se somados os recursos da União, Governo Estadual, CEF e Prefeitura, o prefeito Marquinhos Trad explicou que os locais onde serão feitas as intervenções foram apontados pela população.

“Desde o início da nossa gestão defendo a necessidade de recapear e pavimentar a cidade, já que a vida útil da nossa malha viária está 27 anos defasada. De imediato buscamos alternativas para recuperar a saúde contável e financeira da cidade, que permitisse que fossem aprovados financiamentos como esse do Finisa. Através de pesquisa, a população apontou como prioridade o asfalto, saúde e educação. Hoje, estamos aqui dando mais um passo neste sentido e mais uma resposta aos munícipes”, disse o chefe do Executivo Municipal de Campo Grande.

7Z2A2419-Copy1.jpg

 

Ao evidenciar um novo ciclo de desenvolvimento em Campo Grande , o superintendente da Caixa, Evandro Narciso de Lima falou do cenário de tranquilidade e segurança vivido atualmente em todos os setores e esferas da capital.

“A Caixa é hoje o principal parceiro financeiro desse novo ciclo que estamos vivendo em Campo Grande, momento positivo esse caracterizado por uma equipe de alta qualidade, que faz com que hoje, de fato, estejamos mais tranquilos em aprovar financiamentos como esse assinado hoje, já que o prefeito e sua equipe técnica tem, de fato, feito as coisas acontecerem e que os projetos saíssem do papel e se tornem realidade. Precisamos reconhecer esse trabalho e um novo ciclo em toda a cidade, que a gente nota que é caracterizado pela boa intenção e qualidade da gestão e assertividade dos projetos”, disse o representante da CEF em Mato Grosso do Sul.

Fazendo coro às palavras do superintendente da Caixa e, em nome do Legislativo Municipal, o presidente da Comissão Permanente de Obras da Câmara Municipal, vereador Airton Araújo ressaltou o esforço do Executivo para atender as demandas da população.

“O secretariado nessa atual gestão foi escolhido a dedo. Eles têm demonstrado qualidade, empenho e determinação para atender a todos, sem dar prioridade a quem quer que seja. Em nome da Casa de Leis eu quero agradecer esse esforço do Executivo. Estou no segundo mandato e acompanhei o quanto a cidade sofreu antes dessa gestão e, hoje, posso dizer que Campo Grande só veio a ganhar com essa administração atual. Me lembro que o Marquinhos, em sua campanha, dizia que por muitos anos havia estudado Campo Grande e se preparou para ser prefeito. Hoje, essa afirmação está sendo mais uma vez confirmada com medidas como esse pacote de obras e todos aqui somos testemunhas”, ponderou o parlamentar.

Recapeamento

O pacote de obras prevê o recapeamento de 21 vias estratégicas do sistema viário para dar fluidez ao trânsito,  como as avenidas Filinto Muller, Raquel de Queiros (no Aero Rancho), Três Barras, Rodolfo José Pinho. Na região urbana do Lago, por exemplo,  estão programados 7,5 km de recapeamento, beneficiando, por exemplo, a Avenida Marinha (principal via de acesso à Coophavila 2; a Rua  Manoel de Moraes, e seu prolongamento, a Souto Maior, que atravessa o Bairro Tijuca.

Na região do Anhanduizinho, serão feitos 4,6 km de recapeamento, contemplando a Avenida Rachel de Queiroz, que atravessa o Aero Racho, ligando a Avenida Gunter Hans com a Rua da Divisão  e a Rua Francisco dos Anjos, acesso ao bairro Pioneiro pela Avenida Filinto Muller.  Na região urbana do Bandeira, será refeito o asfalto de seis vias, numa extensão de 8,750 km,  No centro, mais 5,6 de recapeamento e na região do Prosa, 1,7 km.

7Z2A2375-Copy.jpg

 

Segundo o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, em convênio com a UFMS, os trechos que serão recapeados passaram por escaneamento com o uso de drones e feito um teste de resistência do pavimento com o uso de um equipamento (F.W.D), que vai identificar os trechos em que será preciso refazer a base (com remendo profundo) e passar por reperfilamento, para retirar das ondulações criadas com os sucessivos tapa buraco.  “ O objetivo é garantir um serviço com qualidade e durabilidade”, afirma.

Pavimentação

Uma das frentes de pavimentação lançada beneficia o Bairro Tijuca, abrangendo trechos das  ruas Visconde de Suassuna; Tabira; Alfredo Lisboa; Visconde de Boa Vista; Bartolomeu Mitre e Severino Pinheiro no Residencial Barra da Tijuca, no Bairro Tijuca. Serão  executados 460 metros de drenagem e  2,1km de pavimentação.

Ramez Tebet

Está  prevista a pavimentação nas ruas Almiro Rocha, Antônio Nelson da Silva (até a Rua dos Topógrafos), Claudio Coutinho, Altos do Indaiá, Natalie Wood e Campina Nova até a Rua Campo Nobre.  10.280,20  quadrados de pavimentação e 551 metros de drenagem

Controle de enchentes no Cidade Morena

O projeto prevê a implantação de 1.528,95 metros de tubos para captar a enxurrada que alaga casas localizadas onde não há asfalto em ruas como a Jaguariúna, Israelândia e Buenópolis, e fica empoçada na parte asfaltada  do bairro, onde as  bocas lobo estão desativadas.

O evento desta quarta-feira (10), realizado no auditório da Casa da Esplanada Ferroviária, contou com a participação da primeira-dama e presidente do Conselho Gestor do FAC Tatiana Trad; da vice-prefeita Adriane Lopes; dos vereadores Otávio Trad, Betinho, Cida do Amaral; além de todos os secretários e diretores das autarquias públicas municipais.

GALERIA DE FOTOS

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370