Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

DESTAQUE
Segunda-feira, 10 de Setembro de 2018, 17h:00

Flagrante aconteceu na rua Taquarí, próximo ao Ins

Moradores reclamam de incêndio em meio ao clima seco

CGNews

 

Em meio a situação de alerta devido a baixa umidade em Campo Grande, moradores ainda sofrem com focos de incêndio em terrenos baldios da cidade. No bairro Santo Antônio, um homem foi flagrado ateando fogo em um matagal próximo ao Instituto Federal de Mato Grosso do Sul.

O flagrante foi filmado por vizinho do terreno, que fica na rua Taquari. Nas imagens é possível ver um homem ateando fogo em um monte de lixo, em meio a um matagal. A atitude revoltou os moradores, principalmente por conta do tempo seco, que castiga a Capital nesta segunda-feira (10).

Depois de um agosto atípico, marcado por chuvas e baixas temperaturas, setembro começou com calor intenso em todo o Estado. Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a umidade relativa do ar nesta tarde em Campo Grande é de 13 %, muito abaixo do índice mínimo recomendado, que é 60%. Por conta disso, a Capital e outros 35 municípios de Mato Grosso do Sul, na mesma situação, estão em alerta.

O incêndio no bairro Santo Antônio é o segundo flagrado por leitores do Campo Grande News. Cerca de 50 metros quadrados de área do Parque do Sóter queimaram em poucas horas nesta tarde. Conforme funcionário – que não quis se identificar – o fogo começou por volta das 12 horas e se alastrou rapidamente. A suspeita é que o incêndio também seja criminoso.

Atear fogo em terrenos baldios é crime ambiental previsto no artigo 250 do Código Penal. Quem for flagrado colocando fogo pode ser preso por até quatro anos, além de pagar multa. A população pode denunciar flagrante à polícia, pelo 190, ou para a Patrulha Ambiental da Guarda Civil, pelo 153.

 

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370