Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

ECONOMIA
Sexta-feira, 23 de Novembro de 2018, 09h:13

Black Friday

Black Friday atrai poucos consumidores e decepciona quem madrugou nas filas

Preços não atendem expectativa e população sai de mãos vazias

Correio do Estado

Foto: Valdenir Rezende

Diferente do esperado pelos comerciantes, a Black Friday não teve filas e nem movimentou o Centro de Campo Grande no início da manhã de hoje. As lojas começaram a abrir às 7h30 com pouca gente à espera de garantir o desconto promocional. Os que madrugaram na fila entraram e saíram das lojas com as mãos vazias e bastante decepcionados  com os preços.

Na loja de eletrodomésticos,  Magazine Luiza, seo José Jucari, 55 anos, era um dos poucos que esperavam na pequena fila que se formou. “Cheguei por volta das 6h e sai de mãos vazias. Achei que os preços do site eram os mesmos na loja física, mas não tinha nada de promoção”. Ele queria comprar um fogão cooktop e um forno elétrico. “Vou pesquisar em outras lojas para ver se encontro um bom preço", disse.

O aposentado Américo Cardoso, 75 anos, comprou um ventilador por R$ 40 e disse que está satisfeito com o valor. "Não sei se o produto é muito bom mas compensou para mim pelo preço. Eu comprei o que estava precisando".

Já Lucimara Ribeiro, 54 anos, chegou nas casas Bahia às 6h para adquirir um celular. "Estou aqui na fila há 2h. Não espero o momento de abrir. Pretendo gastar no máximo R$ 600. Se não achar vou ter que ir em outro lugar".

Bastante satisfeita, Stefani Ramires, 18 anos, achou os artigos pessoais baratos, no entanto os eletrodomésticos não estavam com valores diferentes do praticado sem a Black Friday. "Comprei coisas para o dia a dia, como shampoo, sabonete e doces. Pretendo comprar um guarda-roupa e ventilador", finalizou.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370