Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

ECONOMIA
Terça-feira, 25 de Setembro de 2018, 08h:55

Campo Grande

Preço da gasolina varia 9,95% e chega a R$ 4,62

Pesquisa foi realizada pelo Correio do Estado em 36 estabelecimentos

Correio do Estado

O preço da gasolina apresentou variação de 9,95% nos postos de combustíveis de Campo Grande, de acordo com pesquisa realizada pelo Correio do Estado em 36 estabelecimentos da Capital. O valor médio do litro do combustível ficou em R$ 4,31 neste início de semana, enquanto o máximo foi de R$ 4,62 e o mínimo de R$ 4,16. 

O preço médio apurado pela reportagem ficou no mesmo patamar do último levantamento de preços da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgado na semana passada. Já quando considerado o intervalo de quatro semanas, conforme dados da agência, a gasolina ficou 5,20% mais cara em Campo Grande. Na última semana de agosto, o combustível custava, em média, R$ 4,09 nos postos da Capital. 

Hoje, começa a valer o novo preço para a gasolina comercializada pela Petrobras nas refinarias, com redução de 0,59%, conforme anunciado ontem pela estatal. Com o reajuste, o preço do litro do combustível passa de R$ 2,2514 para R$ 2,2381. A última alteração no valor tinha ocorrido no dia 13 deste mês, quando a empresa aumentou em 0,98% o preço do produto.

No caso do diesel, o combustível está sendo vendido, em média, por R$ 3,65 na capital sul-mato-grossense. O preço máximo apurado pela pesquisa foi de R$ 3,79 e o mínimo de R$ 3,48, variação de 8,18%. 

Na comparação com os preços apurados pela ANP na semana passada (média de R$ 3,69), o diesel começou esta semana 1,08% mais barato em Campo Grande. No entanto, no intervalo de quatro semanas, o combustível acumula alta de 7,80% no município.

No fim de agosto, a estatal anunciou alta média de 13,03% no preço do diesel nas refinarias, depois que a ANP determinou os novos preços de comercialização, com aumentos entre 10,55% e 14,43%. Assim, o preço do litro do diesel passou a R$ 2,2964 nas refinarias, na média nacional. O valor será mantido até o dia 29.

Antes do anúncio da estatal, o preço do diesel permanecia estável em R$ 2,0316 por litro desde 1º de junho, quando foi reduzido em R$ 0,07. O compromisso foi originado na greve dos caminhoneiros, no fim de maio. Uma das principais reivindicações da categoria era a redução no preço do diesel.

A Petrobras adota novo formato na política de ajuste de preços desde 3 de julho do ano passado. Pela nova metodologia, os reajustes acontecem com maior periodicidade, inclusive diariamente. 

Etanol

Para o etanol, a variação de preços está ainda maior, de 10,32%. O maior preço encontrado para o litro do derivado de cana nos postos campo-grandenses foi de R$ 3,39, e o menor, de R$ 3,04. O preço médio apurado para o produto ficou em R$ 3,15. 

No comparativo com o relatório da ANP, houve recuo de 1,90%: na semana passada, o combustível custava, em média, R$ 3,21. (Com agências)

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370