Domingo, 20 de Janeiro de 2019

ECONOMIA
Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018, 10h:02

Procon/MS

Preços de produtos da ceia de Natal variam até 276,82% em Campo Grande

Procon fez levantamento de preços entre 28 de novembro e 11 de dezembro em 9 estabelecimentos comerciais da cidade.

Por Anderson Viegas, G1 MS

Os preços dos produtos que são mais consumidos na ceia de Natal têm uma variação de até 276,82% em Campo Grande. O item que registrou essa grande oscilação foi a lata de 150 gramas de ameixa em calda da marca Predilecta. No estabelecimento com menor preço foi encontrada a R$ 2,89 enquanto que no mais caro estava sendo comercializada a R$ 10,89, quase quatro vezes maior.

Os dados são da pesquisa que Procon/MS fez entre os dias 28 de novembro e 11 de dezembro, para apurar os preços de 216 produtos em 9 estabelecimentos comerciais, entre supermercados, hipermercados e atacarejos. Foram levantadas as variações de preços de produtos como azeites, bombons, carnes congeladas, cereais, farofas prontas, conservas, frutas em calda, panetones e bacalhau.

Além da ameixa em calda, compõem o “top cinco” do ranking de maior variação de preços: panetone de frutas, 400 gramas, Visconti, com 118,40% (de R$ 11,90 a R$ 25,99); lentilha, 500 gramas, Ponzan, com 118,17% (de R$ 6,99 a R$ 15,25); bacalhau do Porto, quilo, com 114,76% (de R$ 33,90 a R$ 74,95) e abacaxi em calda, lata com 450 gramas, Schramm, com 99,83% (de R$ 5,75 a R$ 11,49).

O superintendente do Procon/MS, Marcelo Salomão, destacou diante dos resultados da pesquisa a necessidade do consumidor sempre pesquisar os preços antes de adquirir os produtos e ressaltou a importância das pesquisas do órgão para ajudar a orientar a população.

“Procuramos sempre, em períodos que antecedem as festas tradicionais, realizar a verificação de preços como forma de orientar o consumidor a adquirir produtos por preços mais acessíveis. Temos consciência de que, nessa época, há comerciantes que, visando aumentar os lucros, oferecem produtos tradicionais por preços superiores aos normais. Felizmente, são exceções. Mas é necessário ficar vigilante”, concluiu.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370