Caldeirão Político

Terça-feira, 06 de Novembro de 2018, 16h:55

Perdedora que roubou faixa de Miss Bumbum se diz 'injustiçada'

revistaquem

Um barraco marcou a edição 2018 do concurso Miss Bumbum. A disputa, que aconteceu na noite desta segunda-feira (5), em São Paulo, contava com 15 finalistas que disputariam o título de bumbum mais belo do Brasil. No fim da competição, a faixa ficou com a modelo e dançarina Ellen Santana, de 31 anos, com 105 cm de bumbum e representante do Estado de Rondônia. Mas Aline Uva, uma das candidatas não aceitou o resultado e partiu para cima da vencedora.

Em conversa com QUEM nesta terça-feira (6), ela explicou por que ficou tão furiosa. "A regra do jogo era ter bumbum natural e todas as três vencedoras têm bumbum de plástico. O ano inteiro ganhei as votações que têm no site do concurso. Então fiquei muito chateada. Na hora pensei: 'essa faixa tem que ser minha e peguei'. Não machuquei a moça. Eu me senti injustiçada. Todas as meninas que têm bumbum natural se sentiram também. O concurso foi uma farsa", afirmou.

Natural do Rio Grande do Sul, Aline, que participou pela primeira vez da competição, disse que a faixa foi comprada. "Já tinham me falado que o concurso era comprado e ontem, na final, percebi que a Ellen e as outras duas vencedoras estavam muito tranquilas e garantidas. Todo mundo viu que foi comprado. Eu desmascarei o concurso. Não sabia que era assim e depois que me inscrevi as pessoas me contaram que era comprado. As vencedoras tiveram dinheiro para comprar, mas não tiveram caráter. A bunda da vencedora é de plástico e tem enchimento. Minha bunda é natural. A que ficou em segundo lugar colocou bunda com o Dr. Bumbum. Estou arrasada!", lamentou.

Ellen Santana é eleita Miss Bumbum 2018 (Foto: Iwi Onodera)
Ellen Santana é eleita Miss Bumbum 2018 (Foto: Iwi Onodera)

O LADO DO CRIADOR DO CONCURSO
O jornalista Cacau Oliver, criador do concurso, negou as declarações de Aline de que o Miss Bumbum é comprado. "Infelizmente, em concurso de beleza, sempre vai acontecer isso, uma vai vencer e as outras vão perder. A Ellen, que ficou em primeiro lugar, fez uma apresentação merecida. Sei que às vezes é difícil perder. Mas não existe isso de comprar concurso. Existe um ganhador e existe quem vai perder. Realmente a Ellen fez por merecer", disse Cacau.

Cacau também negou que as vencedoras tenham bumbuns artificiais. "Isso não é verdade, até porque quando assinam o contrato, elas sabem que não podem ter implantes de silicone. É difícil estar num concurso e nem todo mundo sabe perder. Se não fosse a Ellen seria outra, alguém teria que ganhar. Poderia ser a Aline, até porque ela é super bonita e ganhou o primeiro lugar na votação popular. Isso pode ter deixado ela um pouco frustrada. Na história do concurso ninguém que ganhou a votação popular venceu a final. Tudo depende de como vai se comportar diante da câmera e dos jurados", explicou.

PALAVRA DE CONFIANÇA
Ainda segundo Oliver, os contratos que as candidatas assinam constam em cláusula que, na dúvida da naturalidade dos glúteos, um exame laboratorial pode ser pedido. Questionado se algo tão drástico já ocorreu em edições anteriores, ele conta: "Sim, algumas vezes. Todos os resultados foram negativos na história do concurso. Nenhuma candidata foi desclassificada por esse motivo." 
Miss Bumbum 2018 termina em confusão (Foto: Eduardo Martins/AgNews)


Fonte: Jornal do Ônibus

Visite o website: jornaldoonibusms.com.br