Caldeirão Político

Terça-feira, 09 de Abril de 2019, 09h:39

Pornografia, caminho perigoso

A pornografia tem invadido mentes e lares de jovens e adultos, solteiros e casados, induzindo-os ao caminho da perversão, da promiscuidade, que conduzem à perdição. Nem mesmo as crianças estão livres dessas armadilhas maléficas e suas consequências que impedem a boa formação e desenvolvimento intelectual, moral e espiritual do indivíduo.

Todo e qualquer material que mostre ou descreva o corpo humano ou a conduta sexual de forma a estimular desejos sexuais é pornográfico. E nos tempos de hoje ele é mais propagado do que nunca, através de vários meios de comunicação, inclusive livros, revistas, televisão, filmes, músicas e principalmente a internet. Ele é tão nocivo ao espírito quanto o fumo, o álcool e as drogas são para o corpo.

E o grande perigo da pornografia é o fato dela levar o indivíduo (crianças, jovens e adultos) ao vício. E como todos os vícios, ela leva as pessoas a experimentá-la e, em seguida, a buscar estímulos mais fortes. A pessoa que experimentar a pornografia e se permitir permanecer em suas malhas, ela o destruirá, degradando sua mente, seu coração e seu espírito. Além disso, lhe roubará o autorespeito e a percepção que a pessoa tem das belezas da vida.

Inexistem estudos a respeito desse mal que corrói, abala e destrói relacionamentos conjugais e familiares. Muitos casamentos acabam por conta desse mal, que é procurado como um “complemento” de um relacionamento conjugal em formação ou desgastado. Muitos cônjuges também procuram esse instrumento na ilusão de que poderá encontrar ali os meios necessários para fortalecer a intimidade do casal. Ledo engano. Não sabe ele que está enveredando por um caminho que poderá levar o casal à inteira perdição. A pornografia leva à traição e, consequentemente à separação do casal.

Quanto às crianças, se não houver, por parte dos pais, uma rigorosa fiscalização sobre o que eles estão vendo durante horas e horas nos celulares, tabletes, computadores... as consequências podem ser muito graves (sexo precoce, pedofilia, gravidez na adolescência...). Bons pais exercem um controle natural e frequente dos conteúdos que seus filhos estão absorvendo por intermédio principalmente da internet e filmes.

Além disso é preciso muito diálogo com os filhos sobre esses e outros perigos que rondam a vida das pessoas e que estão apresentadas das mais variadas formas para aprisionar e viciar o indivíduo. Alguns se apresentam de forma sutil enquanto outros, explícitos mesmo, sem nenhum escrúpulo, como propaganda de coisas normais e que na verdade não o são.

Lamentavelmente também, grandes empresas de televisão no Brasil, que poderiam ajudar na educação e formação de crianças e adolescentes, com uma programação mais reservada, saudável e educativa, fazem exatamente ao contrário, insistem com programas (novelas principalmente) com atos pornográficos em horários à plena luz do dia.

Ocorre que o inimigo de Deus age assim. Usa de todos os artifícios e meios para desviar as pessoas, crianças, jovens e adultos, do bom e saudável caminho pelo qual todos deveriam lutar para trilhar.

Somente esse, o bom caminho, nos leva à verdadeira vida, em alegria e felicidade duradoura e o mais importante de tudo: nos leva de volta à presença de Deus. As famílias principalmente precisam ficar atentas a essas ameaças que inescrupulosamente procuram invadir a paz do lar. Precisam também se alicerçar no Evangelho de Deus e de seu filho, Jesus Cristo

Se já estiver envolvido com a pornografia em qualquer grau, ainda assim você poderá parar. Você tem o arbítrio para escolher seus pensamentos e ações. O adversário pode tê-lo enganado no passado, mas a escolha final é sua. Você pode reconquistar a força do Espírito em sua vida. Para fazê-lo, será necessário, acima de tudo, saber que o Redentor o ama e tem poder para ajudá-lo. Ele morreu para pagar pelos pecados de todos os que se arrependem e O seguem. Por intermédio da Expiação de Cristo, poderá encontrar esperança e força ao se arrepender. Lembre-se das palavras do Apóstolo Paulo em Filipenses (4:13): “Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece” (*Com informações de lds.org).

*Jornalista, professor e Cristão SUD


Fonte: Jornal do Ônibus

Visite o website: jornaldoonibusms.com.br