Domingo, 15 de Setembro de 2019

POLÍCIA
Sábado, 25 de Maio de 2019, 07h:14

Fronteira

Dois são presos com carreta roubada; proprietário era mantido refém em MT

Diário Corumbaense

Samuel Pantaleão Nunes, de 32 anos e Jesiane Ferreira de Amorim, de 33 anos, foram presos por envolvimento em associação criminosa ao tentarem atravessar uma carreta, placas IGJ OG43, para a Bolívia, na tarde de quinta-feira, 23 de maio. A apreensão aconteceu por meio de trabalho conjunto, entre a Receita Federal e as Polícias Civis de Mato Grosso e de Ladário. O proprietário do veículo, era mantido refém pela quadrilha no estado vizinho, sendo liberado após a prisão dos dois envolvidos aqui na região de fronteira.

 Conforme a Polícia Civil de Ladário, equipe da Receita Federal foi quem os acionou, depois de constatar irregularidades na documentação de viagem. Samuel Pantaleão, não apresentava autorização de transporte internacional e tentava atravessar a carreta para a Bolívia sem o MIC/Lastre.

Ao chegar no local, os investigadores da PC de Ladário, indagaram Samuel e ele revelou que quem havia entregue o documento de viagem foi Jesiane, moradora em Corumbá. Ela ainda teria passado instruções a ele, pedindo para que enviasse a todo o momento a localização pelo aplicativo WhatsApp. Os policiais realizaram uma consulta ao recinto alfandegário Agesa e confirmaram que o documento portado pelo condutor do caminhão era falso.

Os policiais civis fizeram buscas no caminhão e encontraram peças de roupas que não pertenciam ao motorista. Ainda acharam recibos de posto de gasolina e cuia de chimarrão. A equipe confirmou que o veículo pertence a Daniel Cassol, que era mantido refém pela quadrilha na cidade de Várzea Grande, em Mato Grosso. Os investigadores de Ladário, então, entraram em contato com a PC de Mato Grosso e confirmou que o proprietário era mantido em cárcere privado, mas já sido liberado.

 Samuel Pantaleão foi preso e enquanto era encaminhado para a Delegacia, juntamente com a carreta, a equipe de investigadores foi até a casa de Jesiane, localizada no bairro Guanã, parte alta de Corumbá, que também foi detida. Ela assumiu a participação no delito, relatando que foi responsável pela entrega do MIC falso ao motorista e que mantinha contato com os demais membros da associação criminosa em Mato Grosso do Sul e na Bolívia.

O delegado de Polícia de Ladário, Rodrigo Blonkowski, disse que as investigações continuam. “Conseguimos evitar o pior, recuperando o bem roubado e prendendo dois envolvidos na região de Corumbá. As investigações continuam, existindo pelo menos mais dois inquéritos policiais apurando a ação de associações criminosas na região”, frisou o delegado.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370