Domingo, 15 de Setembro de 2019

POLÍCIA
Sexta-feira, 16 de Agosto de 2019, 07h:56

Fronteira

Reconhecido pelo irmão, homem que foi "desovado" em estrada tinha 36 anos

Após identificar a vítima no IML de Ponta Porã o irmão foi prestar depoimento no 2º Distrito Policial da região

Campo Grande News

Corpo foi encontrado com um saco plástico preso a cabeça. (Foto: Mbykymi Notícias)

Foi identificado como sendo Carlos Renato Merey Rodrigues, de 36 anos, o homem encontrado morto no rodoanel de Ponta Porã, cidade a 323 km de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai, nesta quinta-feira (15). O corpo tinha sinais de tortura e estava com um saco amarrado na cabeça e as pernas e mão atadas. 

O reconhecimento foi feito há pouco no IML (Instituto Médico Legal) de Ponta Porã, por um irmão de Carlos Renato que depois, seguiu para o 2º Distrito Policial da região para prestar depoimento. Antes de ser morto com vários tiros, Carlos Merey foi asfixiado, já que um saco plástico estava preso a sua cabeça.

Carlos usava camiseta preta, short azul e calçava mocassim. A polícia paraguaia ainda não identificou nenhum suspeito do crime. A Linha Internacional enfrenta onda de execuções, atribuídas pela polícia à guerra entre facções pelo controle do tráfico de drogas na região. Pelo menos cem pessoas já foram mortas nos dois lados da fronteira neste ano.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370