Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

POLÍCIA
Quarta-feira, 26 de Junho de 2019, 09h:30

Fronteira

Suspeito de ter assassinado médico é detido na fronteira

Agentes da Investigação Criminal de Amambay deteram homem que é suspeito de ter cometido dois assassinatos

Ponta Porã Informa

Agentes da Investigação Criminal de Amambay, atuando na investigação do assassinato de Rodrigo Maldonado Fernandes, de 22 anos, que ocorreu em um açougue na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com Ponta Porã, ocorrido no dia 21 de junho, verificou-se pelas câmeras de filmagem que uma dupla chegava ao local do crime, o carona desce, dispara contra Rodrigo e em seguida, a dupla foge a bordo de uma moto.

Ontem, dia 25, por volta das 18h10min, os policiais realizaram uma "batida" em uma oficina mecânica localizada na Rua Padre Alberto Braum, onde Mauricio Miguel Recalde Arguello, de 22 anos, nacionalidade paraguaia, foi detido suspeito de ter executado Rodrigo Maldonado Fernandes.

Em conformidade com Nelson Alderete, chefe da Investigação Criminal de Amambay, há a informação de que o detido seria suspeito de ter também assassinado a tiros o médico José Marcial Centurio Cáceres, ocorrido no dia 11 de junho, às 14h, já que no momento em que foi detido, Mauricio Miguel estava com a mesma roupa que aparece nas filmagens no dia do crime de José Marcial que mostra o assassino guiando uma moto e segurando uma arma com a mão esquerda.

Os investigadores apreenderam o celular de Maurício e também um capacete com as mesmas características do homem que matou o médico, assim, de acordo com Nelson Alderete, existe toda a probabilidade de que Maurício Miguel seja o assassino que estava com a arma na mão esquerda.

Um menor teria testemunhado o plano arquitetado para matar Rodrigo Maldonado Fernandes, já que supostamente teria acontecido em uma oficina onde foi entregue a arma e cerca de 4 milhões de guaranis para que Mauricio Miguel Recalde Arguello cometesse o crime. Ainda de acordo com informações, Rodrigo era para ter sido executado na chacina que aconteceu dia 07 de abril, em que morreram várias pessoas, dentre as quais, uma criancinha ficou ferida.

Para os policiais, a detenção de Maurício Miguel é de suma importância para o esclarecimento desses dois crimes que chocaram a fronteira.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370