Quinta-feira, 09 de Julho de 2020

POLÍTICA
Segunda-feira, 01 de Junho de 2020, 09h:53

Coronavírus MS

Passageiros passam por testes em primeiro dia de blitze em terminais de Campo Grande

Quem estiver mais mais de 37.8 graus de temperatura são encaminhados para fazer exame

Midiamax

Foto: Ranziel Oliveira, Midiamax

A Prefeitura Municipal iniciou nesta segunda-feira (1) uma operação nos terminais de transporte público de Campo Grande para aferir a febre dos passageiros que passam pelas plataformas durante o horário de pico. As blitze acontecerão entre às 5h30 e 8h30 e 30 testes rápidos para detectar a Covid-19, o novo coronavírus, foram colocados a disposição.

Conforme a coordenadora da coordenadoria de Vigilância de Saúde Ambiental, Silvia Barbosa, o foco é atender os passageiros durante o horário de pico, abordados os usuários que descem dos ônibus e os que aguardam na fila.

“Na fila fazemos uma triagem e se o passageiro apresentar febre de mais de 37.8 graus e relatar que esteve com dor de cabeça ou diarreia durante os últimos sete dias, ele é encaminhado para o teste”, disse Silvia. O teste fica pronto em 15 minutos e, se positivo, o passageiro é encaminhado para uma unidade de saúde.

Ainda nesta segunda-feira acontecerá blitz no centro da Capital, nos pontos com mais aglomerações e em algumas regiões dos bairros. Hoje acontecerá no camelódromo e Mercadão, na terça-feira na Rua Barão do Rio B ranco e Dom Aquino e na quarta, na região das Moreninhas.

Simultâneo ao terminal Morenão, a blitz acontecia também nos terminais Guaicurus e Moreninhas. Na terça-feira (2) acontecerá no terminal Hérculos Maymone, General Osório e Nova Bahia. Na quarta-feira (3) é a vez dos passageiros do terminal Aero Rancho, Bandeirantes e Júlio de Castilho passarem pela operação.

Prevenção e orientação

A cehfe de serviço de educação sanitária da Vigilância Sanitária, Edna de Castro, disse ao Midiamax que o objetivo é a prevenção. “Levar as medidas de orientação para a população, conversando e entregando panfletos sobre a Covid-19 e instuindo em um primeiro momento se der positivo [o teste rápido]”, disse.

Um passageiro, Alexandro Serapaya, de 34 anos, comentou que desceu do ônibus e logo foi abordado pela equipe. Ele disse que é importante a ação para conscientizar todos sobre os riscos do vírus e que os testes ajudam a quem não tem as condições de pagar para realizar.

“Fiz o exame porque estava com um incômodo respiratório e deu negativo. Me senti mais aliviado porque tenho crianças em casa”, finalizou.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370