Domingo, 18 de Novembro de 2018

POLÍTICA
Quinta-feira, 12 de Julho de 2018, 08h:29

Eleições 2018

Queda de Odilon e crescimento de André e Azambuja embolam disputa

Pesquisa mostra empate técnico na preferência do eleitorado em Campo Grande

Correio do Estado

A pesquisa do Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul (Ipems) contratada pelo Correio do Estado e realizada em Campo Grande, maior colégio eleitoral do Estado, com 591.374 eleitores – de acordo com levantamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS) –, aponta queda na preferência pela pré-candidatura do juiz federal aposentado Odilon de Oliveira (PDT) e crescimento do ex-governador André Puccinelli (MDB) e do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). O resultado final mostra todos os três “embolados” na corrida pela disputa do voto do eleitor da Capital.

O levantamento do Ipems indica a queda de 5,73 pontos porcentuais do apoio dos campo-grandenses a Odilon em comparação entre a amostragem de abril e a de julho. Hoje, o juiz tem 30,74% das intenções de voto. Antes, era de 36,47%. Diante deste novo cenário, André encostou em Odilon. Em abril, a diferença entre os dois era de 9,23 pontos porcentuais. Agora, com 29,39% das intenções de voto do ex-governador, essa margem caiu para 1,35 ponto.

info-pesquisa1.jpg

 

Na esteira, aparece Azambuja, com 25,77% das intenções de voto, aproximando-se de André e Odilon. Em abril, a diferença do líder juiz para o governador (que tinha 21,81%) era de 14,66 pontos porcentuais. Hoje, está a 4,97 pontos. Com esse índice, o governador reduziu a distância de André para 3,62 pontos.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370