“A grande luta nossa é por uma Saúde Pública de Qualidade”, afirma o vereador Dr. Victor Rocha

publicidade

O parlamentar defende a compra de autoclaves para cada unidade de saúde

O vereador Dr. Victor Rocha (PP) participou da Sessão Comunitária no Coophavila II, na quarta-feira (29) onde pôde ouvir os anseios dos moradores a respeito da Saúde Pública oferecida na região.

Durante a Sessão diversas lideranças fizeram uso da palavra e uma das necessidades apontadas é Saúde Pública. O presidente do Conselho Regional da Região Urbana do Lagoa, Cláudio Ferreira de Barros alertou ao vereador Dr. Victor Rocha que as unidades de saúde da região não possuem autoclave para esterilizar os equipamentos e aparelhos das unidades. De doze unidades de saúde, na região, apenas a do Cophavila II tem uma autoclave para atender toda a região. Esses materiais quando precisa lá na ponta estão sendo mandados para o HU, para o Rosa Pedrossian, ou para Santa Casa para esterilizar”. 

Segundo Claudio Ferreira, os materiais que são esterilizados, em alguns caso podem sofrer avarias durante o transporte, sendo inutilizado e não podendo atender ao paciente que estava agendado na unidade de saúde. A situação foi notificada junto à Sesau em 07 de maio.

Leia Também:  Prefeitura convoca motoristas aprovados em processo seletivo

O Dr. Victor Rocha tem como bandeira de seu mandato a defesa de uma Saúde Pública de Qualidade, e ouvindo as demandas referentes à Saúde Pública da região fez um apelo para a prefeita Adriane Lopes. “Prefeita nossa solicitação aqui é para a compra de autoclave nova. São quase 100 unidades de saúde (entre UPA, CRS, UBS, UBSF e CAPS), nossa sugestão é que cada uma tenha a sua autoclave”.

Victor Rocha destacou suas ações pela saúde, como a implantação da Casa Rosa, e resumiu a importância de levar a Câmara aos bairros. “Esse tipo de ação nos engrandece. Temos que estar perto, ouvir o clamor de vocês”, apontou.

O Coophavila II é um dos principais bairros da região urbana do Lagoa, área localizada na saída para Sidrolândia e que conta com aproximadamente 140 mil moradores. A região é atendida por 13 unidades de saúde, 10 escolas municipais, três estaduais, 15 escolas de educação infantil, cinco unidades de segurança e outras três de assistência social.

Assessoria de imprensa do Vereador

Leia Também:  Homem é preso após se masturbar para mulher em rua de Campo Grande

Fonte: Câmara Municipal de Campo Grande MS

COMENTE ABAIXO:

Compartilhe essa Notícia

publicidade