Atrações regionais animam segundo dia do Arraial de Santo Antônio

publicidade

No Arraial de Santo Antônio desse sábado (11), um dos protagonistas foi São Pedro, que afastou a chuva e proporcionou uma bela noite de shows com artistas regionais. O público veio em número ainda maior que na abertura e não arredou pé, mesmo com a sensação térmica abaixo de 10ºC.

As 27 barracas de diferentes instituições da cidade foram abertas às 18h, servindo quitutes como pastel, cachorro-quente, arroz pantaneiro, carreteiro, espetinhos, crepes e até acarajé. A sobremesa estava garantida com doces típicos e o tradicional bolo de Santo Antônio.

O movimento nas tendas montadas pela paróquia, inclusive, continuou bastante intenso, com filas de campo-grandenses atrás do saboroso bolo – e quem sabe uma das 500 alianças escondidas entre os cerca de 7 mil potes que foram preparados. Nathália Nazário e Shirley Aparecida fazem parte da equipe e falaram sobre uma mudança feita de última hora. “A gente não ia vender o bolo no arraial; seria só na segunda-feira, com a venda das fichas para retirar depois. Mas o padre falou ‘o pessoal vai querer pegar na hora’, e realmente é o que mais está saindo”.

As duas comentaram também sobre a transferência do arraial para o centro da cidade. “Eu achei muito bom, gostei mesmo”, afirmou Shirley. “É muito mais perto também. Lá [Praça do Papa] era um pouquinho deslocado e ficava muito longe para a gente sair da igreja e levar as coisas”, completou Nathália.

Outro que elogiou bastante a nova sede da festa junina realizada pela Prefeitura de Campo Grande foi o estudante de Turismo Max Allbann. “A localização é bem melhor, então isso favorece todas as pessoas. A Praça do Papa, para algumas regiões da cidade e principalmente para quem gosta de um evento público, é um lugar de difícil acesso. E por conta do horário de término, fica complicado de retornar para os bairros”.

Leia Também:  Dr. Jamal Salem tem solicitação atendida no bairro Vila Carvalho

Sertanejo, pagode e forró agitam o público

Cinco apresentações – todas de artistas sul-mato-grossenses – em sequência levaram muita música para o centro da cidade. A primeira delas foi do violeiro Aurélio Miranda, que esbanjou talento no instrumento e tocou clássicos regionais. Aurélio comentou sobre a alegria de poder voltar aos palcos após ter sofrido um acidente vascular cerebral no fim do ano passado e, em um dos momentos mais bonitos da noite, dividiu o palco e o microfone com sua filha.

Seu show foi brevemente interrompido por volta das 19h30, quando a procissão que trazia a imagem de Santo Antônio diretamente da paróquia chegou até a praça. Assim como foi feito na sexta e será repetido até segunda-feira (13), o padre Wagner puxou um momento de oração entre os fiéis e devotos do padroeiro da cidade e abençoou os presentes.

Às 20h, veio a surpresa deste ano. O conjunto SambaPop mostrou que o samba e o pagode também combinam com festa junina e apresentou uma setlist com sucessos dos principais nomes do gênero no País. Aproveitando a oportunidade, os vocalistas Pedro Hulk e Hudson divulgaram a canção autoral “Bafafá do SambaPop”, entre muitas brincadeiras no palco e interações com a plateia.

Misturando hits do sertanejo universitário com clássicos como “Telefone Mudo” e “Boate Azul”, Renato & Renan subiram ao palco na sequência e mantiveram a empolgação dos campo-grandenses. Os “Quase Gêmeos”, como são conhecidos, têm se destacado com lançamentos de singles pertencentes ao álbum “Fora da Caixa” – sendo o mais recente deles chamado “Tipo de Pecado” e divulgado nas plataformas digitais neste fim de semana.

Leia Também:  Chama o João: Após reunião na Vila Sobrinho, moradores exaltam atuação eficiente e diálogo aberto do vereador com a comunidade

Para não fugir da tradição do principal ritmo das quadrilhas, também teve forró com o cantor e violonista Magron Escobar, que iniciou sua performance perto das 22h. O compositor, acompanhado de sua banda e do choro marcante da sanfona, botou a galera para dançar coladinho e apresentou também levadas de arrocha e chamamé, ritmo típico da Capital e que vem sendo trabalhado por Magron em um projeto com o músico argentino Toty Montiel.

E fechando a noite, o Grupo Uirapuru fez da Praça do Rádio um grande bailão. Com quase 20 anos de estrada, o conjunto conta com músicos experientes e especialistas em animar qualquer festa. Inúmeros casais ocuparam a área à frente do palco para dançar aquele chamamé raiz, e permaneceram assim até o fim da exibição, já próximo de meia-noite.

O público, que se manteve em grande número mesmo com o frio da noite deste sábado, ficou com aquele gostinho de quero mais. Felizmente, o 20º Arraial de Santo Antônio de Campo Grande tem mais dois dias com muita música e comidas típicas.

Programação

DOMINGO – 12/06

  • Sorteio dos violões autografados por Luan Santana, Michel Teló e Maria Cecília & Rodolfo.
  • Shows de Patrícia & Adriana e João Carreiro.

SEGUNDA-FEIRA – 13/06

  • Barracas funcionando normalmente.

COMENTE ABAIXO:

Compartilhe essa Notícia

publicidade