Jovem Pan faz “milagre do diploma” e transforma advogado em jornalista

publicidade

source
Marco Antônio Costa é advogado, com mestrado e doutorado. Mas na Jovem Pan ele virou jornalista
Reprodução/Jovem Pan News

Marco Antônio Costa é advogado, com mestrado e doutorado. Mas na Jovem Pan ele virou jornalista


Das coisas inexplicáveis que acontecem somente na Jovem Pan, mais uma para o pacote: o canal de notícias operou o “milagre do diploma” e transformou um advogado em jornalista. E o beneficiário deste acontecimento foi Marco Antônio Costa, que há alguns meses ganhou cadeira fixa nos telejornais da programação.


Marco Antônio tem sido apresentado aos telespectadores como jornalista. No programa Pânico, por exemplo, ele comenta algumas notícias publicadas pelos veículos que estão no radar do canal de notícias e faz seus comentários e análises sobre os temas. E no GC –aquela tarja que aparece no canto inferior do vídeo– vem com o apontamento da nova classificação profissional do advogado.

Em uma breve pesquisa pelo histórico profissional de Marco Antônio no Linkedin, observa-se que ele se dedicou bastante à sua área. Com apenas 34 anos de idade, ele já concluiu o mestrado e o doutorado em Direito Constitucional, ambos pela PUC-SP. Além disso, é sócio de um escritório de advocacia e também já deu aulas em algumas universidades.

Leia Também:  Anitta diz que pretende faturar com tatuagem no ânus

Tem um currículo respeitoso e invejável para muitos de sua área, mas a coluna até procurou a Jovem Pan para saber o motivo do canal de notícias transformar milagrosamente um advogado tão gabaritado em jornalista. Depois de algumas trocas de e-mails e dias sem resposta, entendi que nem mesmo a assessoria de imprensa sabe explicar o milagre.

A CNN Brasil e a GloboNews, principais concorrentes da Jovem Pan News, também contam com profissionais de diferentes áreas atuando diariamente em seus noticiários, mas sempre os apresentam da maneira correta, indicando que se trata de um advogado, analista político, economista, etc.

Até porque o entendimento do mercado é que jornalista que trabalha em veículos de imprensa são aqueles que trabalham na produção de notícias. Quem apenas comenta, analisa, reproduz ou dá pitacos não é classificado dessa maneira.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:

Compartilhe essa Notícia

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade