Pesquisa do Procon/MS aponta variação de até 457,25% no preço dos  hortifrúti

publicidade

A Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS) divulgou pesquisa com valores de produtos de hortifrúti nos supermercados de Campo Grande.

O levantamento foi realizado no período de  28 de abril e 9 de maio, abrangendo 22 locais entre atacadistas, supermercados, mercados e outros estabelecimentos onde os produtos estão expostos a venda. Na ocasião foram pesquisados preços de 115 tipos de hortifrutis. Do total, são divulgados  preços  de 90 produtos por terem sido encontrados em pelo menos três locais pesquisados.

Entre os mercados varejistas, 48 pesquisados tiveram variação de preço acima de 100%. A maior diferença encontrada foi de 457,25% no valor do quilo do mamão formosa, sendo o maior valor – de R$ 14,99 no Pão de Açúcar – e o menor de R$ 2,69 no Duarte. A menor diferença foi de 8,74% no Mel vovô Pedro 500g, sendo o maior valor de R$ 25,99 no mercado São João, e o menor valor de R$ 23,90 no Pag Poko.

Nos estabelecimentos atacadistas, a maior variação foi de 130,43%  no preço do maço de hortelã, sendo o maior valor de R$ 6,89 no Morena Atacadista e o menor por R$ 2,99 no Fort. A menor variação foi de 1,58% no quilo do Mamão Papaia, sendo o maior valor de R$ 8,99 no Fort, e o menor valor de R$ 8,85 no Assaí.

Leia Também:  Corpo de Bombeiros Militar em Corumbá dá início ao "Projeto Bombeiro e a Melhor Idade"

Nos mercados especializados em hortifruti, 33 produtos pesquisados apresentaram variação superior a 100%. A maior variação foi de 299,00% no preço do maço da hortelã, sendo o maior valor de R$ 3,99 no Hortifrúti Santa Rita e o menor por R$ 1,00 no Hortifrúti Florestal. A menor variação foi de 5,61% no quilo da vagem, sendo o maior valor de R$ 19,00 no Hortifrúti Florestal, e o menor valor de R$ 17,99 no Hortifrúti Santa Rita.

DIV. HORTIFRUTI MERC. ATACADISTAS

DIV. HORTIFRUTI MERC. VAREJISTAS

DIV. HORTIFRUTI

Airton Raes, Procon/MS
Foto: Arquivo

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:

Compartilhe essa Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email
Share on whatsapp

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade