Para descobrir traição do marido, mulher contrata detetive, mas é extorquida

Entrada da Depac Centro, onde caso foi registrado. (Foto: Henrique Kawaminami)

publicidade

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Há dois meses, mulher de 55 anos contratou detetive particular para comprovar que o marido a estava traindo, mas o jogo virou contra ela, o que vale como alerta para esse tipo de prestador de serviços, alerta a Polícia.

No início da manhã desta sexta-feira (5), a mulher procurou a polícia civil para registrar um boletim de ocorrência de extorsão.

Segundo a vítima, recentemente o detetive começou a pedir um valor de R$ 1,5 mil para entregar a pasta que continha as provas do adultério,  mesmo ela já tendo paga o valor combinado, de R$ 6 mil.

Ainda de acordo com o depoimento da vítima, ela foi ameaçada pelo detetive, que teria exigido o dinheiro extra ou mandaria todos os vídeos e fotos para o marido da mulher.

O caso foi registrado como extorsão na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Funsat Atende leva atendimento ao Cras Tiradentes com 50 vagas para contratação imediata

Compartilhe essa Notícia

publicidade